Pokémon Infinity Legend RPG
Seja bem-vindo ao nosso RPG de Pokémon!

Está esperando o que? Se já for membro e estiver junto de nós nessa jornada, volte à sua conta para enfrentar os mistérios desse mundo. Mas, se esta é a sua primeira vez aqui, não perca tempo e crie a sua, pois sempre há espaços para mais treinadores!

Além disso, uma pequena parte do conteúdo do fórum e do RPG está disponível apenas para membros. Então, não perca tempo - o cadastro é rápido!
Últimos assuntos
» Centro de adoção
Dom 24 Jun - 19:14 por Daniel Faraday.

» Regra acerca das Capturas
Qua 14 Fev - 11:12 por Daniel Faraday.

» [Treino] Faraday
Qua 14 Fev - 10:53 por Daniel Faraday.

» Regra acerca dos Treinos
Dom 11 Fev - 22:06 por Daniel Faraday.

» Pensamentos apenas
Ter 5 Jul - 18:16 por Dark Tiger

» Kanto's Lab
Sab 14 Maio - 14:40 por zoruas

» Ideias, ideias e mais ideias...
Ter 10 Maio - 14:32 por Dark Drake

» Saint Seiya : The War Game - PART 1
Seg 9 Maio - 19:16 por Dark Drake

» Unova's Lab
Sex 8 Abr - 17:59 por Aisha Turner

» Monotypers' Lab
Ter 5 Abr - 0:00 por Dark Hunter

» Hoenn's Lab
Sex 26 Fev - 8:25 por D.Luffy

» teste de templat
Sex 19 Fev - 22:40 por Lady Lucy

» {Rustboro Gym} Blazer vs. Roxanne
Seg 15 Fev - 16:38 por Red Vart

» Forum Inativo?
Sex 1 Jan - 19:20 por Dark Drake

» O retorno do Samurai Vermelho
Seg 28 Dez - 16:24 por Red Vart

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 33 em Ter 13 Jan - 2:09
Palavras chave


Capítulos da Fic

Ir em baixo

Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Dom 27 Out - 22:20

Aqui serão feitos os capítulos da Fanfic, peço para que não postem nenhum comentário aqui, pois uma área para comentários sobre os capítulos da fic será feita.

Por enquanto fiquem com o prólogo da fic:

O que eu escrevi num faz sentido algum, portanto, apenas acompanhem a fic(Os que tiverem vendo isso aqui) e vocês verão como a história se desenrola.



Última edição por 'Dark Hunter em Qui 27 Fev - 13:50, editado 3 vez(es)
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Ter 29 Out - 14:05

1° Capítulo - Caminhos cruzados !

Red estava no laboratório, onde escolheria seu primeiro pokémon para começar sua jornada pokémon. Ele chegava ansioso, passando pela porta do laboratório e vendo o Prof. Oak do lado de um balcão, parecia que o mesmo já estava esperando Red que deu um passo para frente e se apresentou ao Prof. Oak:

- Olá professor, vim aqui em busca de meu primeiro pokémon !

O Prof. Oak fitou Red, com um sorriso em seu rosto e apontou para o balcão, dizendo para escolher um dos três pokémons. Inclusive Oak deu as características de cada um, como sabemos, Charmander de fogo, Squirtle de água e Bulbasaur de planta.

No mesmo instante que Prof. Oak falou Charmander Red já tinha se aproximado do balcão e pegado uma pokébola, a mesma tinha um Charmander, pokémon que Red já gostava. Prof. Oak olhou Red no momento em que pegou a pokébola de Charmander e disse:

- Tudo bem, certeza de que quer Charmander?

Red olhou para Oak e respondeu afirmativamente, no momento ele parecia ser frio com o Prof. Oak que ainda não tinha percebido isso e apenas entregou as pokébolas e a pokédex a Red que saía pela porta da frente, agradecendo.

Red saiu pela porta e uma leve brisa encontrou com o mesmo, balançando seus cabelos enquanto saía do laboratório e ia em direção a rota que levava para a floresta de Viridian, logo fazia ligamento com a cidade de Viridian.

Red sabia que naquela cidade havia um ginásio e ele estava disposto a enfrentar o líder por sua primeira insígnia, mas primeiro teria que passar pela floresta de Viridian, local em que vários treinadores já haviam se perdido por ser uma mata fechada e que em alguns locais a luz do sol não passava. Red ia seguindo o mesmo caminho de Brendon e de Ryuumaru que pelo visto já deviam estar bem longe pela demora de Red no laboratório.

Enquanto isso Ryuumaru comprava estar bem longe por já estar na frente da Floresta de Viridian, Ryuumaru já ia entrando dentro da mesma mas um garoto com uma rede para insetos o parou e disse:

- Não entre aí ! Já perdi vários amigos meus nessa floresta !

Ryuumaru o encarava pelo aviso inesperado e então disse já continuando a caminhar para o começo da vegetação.

- Hey, não vou me perder nessa floresta ! Aliás, como poderia me perder nela?!

Ryuumaru ignorou a resposta do garoto e foi entrando dentro da floresta, de longe Brendon via tudo isso e apenas continuava a andar até o começo da floresta, onde também foi parado pelo aviso do garoto. Brendon olhou para o mesmo e começou a rir e depois disse:

- Cara, me diz uma coisa, pra que você carrega essa rede para pokémons do tipo inseto se você não vai entrar na floresta muito menos usá-la?!

O garoto encarou Brendon e depois olhou para rede, ficou triste e ficou de cabeça baixa, Brendon disse que estava brincando e que iria entrar na floresta de qualquer maneira, mas diferentemente do que o garoto achava ele não iria se perder e iria procurar a saída o mais rápido o possível.

Brendon então entrou dentro da floresta e ao entrar se deparou com uma imensa floresta cheia de pokémons do tipo inseto, voador e grama e que diferentemente da visão de fora a floresta era muito aberta e no centro tinha a maior árvore de todas, em espaço e em tamanho lá por exemplo também viviam pokémons do tipo normal como Rattatas.

Brendon passou direto por essa árvore, não parou nem pra observar os pokémons que brincavam juntos. Enquanto isso Ryuumaru estava lá na frente, andando depressa, ele queria de qualquer maneira capturar algum pokémon, mas não daria tempo se quisesse chegar no ginásio primeiro que todos, já que ele sabia que Brendon estava mais atrás e também sabia que o mesmo era um treinador.

Diferente do que Ryuumaru pensava, Brendon não iria desafiar o ginásio de Viridian, pois sabia que estaria em desvantagem pois o ginásio era constituído por pokémons do tipo terrestre, que tem vantagem contra Pokémons tipo elétrico e nesse caso Elekid.

Ryuumaru parou para descansar, de baixo de uma árvore para ser exato, esta árvore fazia uma sombra bem grande que daria até para se deitar e tirar um cochilo, mas Ryuumaru sabia que se ele dormisse só iria acordar de noite, o que seria ruim se ele quisesse sair dali o mais rápido o possível.

Já estava acabando a tarde e, logicamente, estaria começando a noite, o que fazia com que os pokémons de antes recuassem para suas moradias, com medo de alguma coisa, não se sabia ao certo mas deveria ser um pokémon.

Ryuumaru cochilava, mesmo sem querer dormir, quando acordou já estava de noite e com isso tomou um susto, pois não esperava dormir tanto. Ryuumaru também estava com cede, então, abriu sua suposta mochila e quando a viu por dentro, tomou outro susto pois viu que essa não era a mochila dele e sim a de Brendon, com quem havia esbarrado no começo da rota. Ryuumaru fechou a mochila e pegou-a, sabia que o garoto já estava lá na frente, então, correu o mais rápido que podia, pois queria sua mochila.

Red nesse momento passava por Ryuumaru, mas logo era ultrapassado por Ryuumaru correndo, e o mesmo só observava Ryuumaru correndo desesperado para recuperar sua mochila que estava com Brendon.

Depois de alguns minutos, Brendon, que já estava na metade da floresta ouviu alguns gritos, ele se virou e viu Ryuumaru gritando para ele parar com sua mão estendida ao ar, Brendon parou e esperou até o garoto chegar até ele e dizer, ofegante:

- Hey...você...acho... que você...está com...minha mochila.

Brendon olhou para Ryuumaru e olhou para a mochila, logo, tirando-a e a abrindo para ver se era mesmo a mochila do garoto. Brendon abriu-a e viu que não tinha nada seu lá, riu e disse que eles deviam ter trocado de mochila quando esbarraram e caíram, depois Brendon devolveu a mochila a Ryuumaru que também devolveu a de Brendon.

Brendon foi andando até que Ryuumaru perguntou o porque dele não agradecer por Ryuumaru devolver a mochila, então Brendon respondeu:

- Bom, acho que mesmo se você quisesse ficar com ela eu também ficaria com a sua e se você me pedisse a sua eu ia querer a minha, então, de qualquer maneira eu teria a minha de volta e a você a sua.

Ryuumaru não quis entender e começou a falar que ele deveria pedir desculpas, Brendon disse que não e os dois começaram a discutir, enquanto isso Red passava pelos dois e disse bem baixo:

- Crianças...

Porém, o tom não foi tão baixo assim, coisa que foi comprovada porque Brendon e Ryuumaru pararam e gritaram:

- Criança é tu rapa !

Red parou de andar, ainda virado de costas para os dois, então, pegou a pokébola de seu Charmander e a mostrou para os dois e disse:

- Vamos ver quem é criança numa batalha !

Brendon sorriu e disse que isso era o que ele tava querendo, então, pegou a pokébola de Elekid, mas foi interrompido por Ryuumaru que passava a sua frente e pegava a pokébola de seu pokémon, que se mostrava um Snivy quando Ryuumaru o liberou.

Red liberou seu Charmander e obviamente ele era tipo fogo, mas não se sabia o tipo de Snivy, por isso, Red pegou sua pokédex e a apontou para Snivy, porém, a mesma não tinha nenhum dado sobre Snivy, então Ryuumaru sorriu e disse que esse pokémon não era de Kanto e sim de Unova, outra região. Red ficou o encarando e guardou sua pokédex, mesmo assim não desistiu da batalha e perguntou se Brendon não podia ser o juiz da batalha.

Brendon aceitou, já que não poderia batalhar pois Ryuumaru havia entrado na sua frente. Então, a batalha começou, era Red x Ryuumaru, a noite no meio da rota que seguia reta até o fim da floresta, mas que não dava para ser visto pois ainda estava longe.

Brendon falou que Red já podia começar, por ser o desafiante, então, Red exclamou para Charmander:

- Charmander ! Comece com Scratch !

Ryuumaru ouvia o ataque e também comandava Snivy para dar uma evasiva...

Continua...

Quem será o vencedor desse batalha?! Será que irá haver uma amizade entre esses três?! A noite da floresta de Viridian, é perigosa?! E qual será o medo dos pokémons quando a noite chega?! Descubra no próximo capítulo...
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Qui 31 Out - 14:02

2° Capítulo - Batalha Interrompida!

Charmander tentava arranhar Snivy, mas o mesmo desviava. De repente, de um dos lados da floresta, saiu um pokémon com um tipo de formato gasoso. Seu gás era roxo e suas mãos flutuavam e um sorriso maligno era visto em seu rosto.

O pokémon, que era reconhecido como Haunter pela pokédex de Red, atacava Red, Ryuumaru e Brendon, que por pouco escaparam dos ataques de Haunter, que continuava a persegui-los. Brendon entrou num lado da floresta, Red o percebeu e o seguiu, enquanto Ryuumaru ia para o outro lado.

- Putz, estamos ferrados - Sussurrou Brendon para Red, que estava ao seu lado.

- Temos que sair daqui de algum jeito - Sussurrou Red em resposta à Brendon - Não podemos ficar aqui a noite toda...

O que mais se esperava aconteceu, Haunter passou rente à Brendon e Red, mas não os viu e passou direto, para o alívio dos dois. Red tentou se levantar, pois estava agachado atrás de alguns arbustos, mas ao fazê-lo quebrou um galho, Haunter ouviu e virou-se, dando de cara com Red. Red olhava fixamente para Haunter, que também o olhava, até de repente Haunter juntar suas mãos até separá-las, formando uma esfera sombria no meio de suas mãos, Haunter então jogou-a contra Red, mas Brendon o empurrava e os dois caíam no meio da trilha que levava a saída da floresta

- Sai daí ! - Exclamou Red para Ryuumaru que se levantava e seguia Brendon e Red até a saída da floresta Viridian.

Os três chegaram a suposta saída da floresta, mas ao abri-la se depararam com outra floresta, mais fechada e aparentemente mais longa que a outra. Os três observavam tudo, parecia até palhaçada com a cara deles, mas não era. Brendon puxou um galho da árvore e infelizmente vários Beedrills eram acordados e iam contra Brendon, Red e Ryuumaru, que corriam para longe dos Beedrills.

Terminaram a trilha, mas ao terminá-la encontraram outros 3 caminhos e cada um queria ir para um caminho. Red queria ir para o da direita, Ryuumaru para o da esquerda e Brendon para o meio, então, decidiram tirar no par ou ímpar e acabou que não deu em nada.

E para a infelicidade dos treinadores novatos, o Haunter acabava de aparecer atrás de Red, que estava de costas à trilha que voltava para a entrada da floresta de Viridian. Ryuumaru e Brendon viram o Haunter, tentaram avisar a Red mas não conseguiam dizer nada, estavam gaguejando pelo medo que estavam sentindo.

- Que que foi? - Perguntou Red olhando para os dois.

- A-a-at-atrás d-d-de v-v-você... - Gaguejaram os dois em coro.

- O que? - Red perguntou mais uma vez.

- ATRÁS DE VOCÊ !!!!! - Exclamaram, correndo de Haunter que se preparava para atacar os 3.

Red se virava e dava de cara com Haunter, que preparava outra bola sombria para atingi-lo, até que Brendon e Ryuumaru pararam de correr e resolveram voltar, para ajudar Red. Os 2 liberaram seus pokémons, Elekid e Snivy, e se preparam para a batalha contra Haunter, Red notou que não estava sozinho e liberou seu Charmander, ordenando-o usar o Scratch.

Elekid usou o Quick Attack e correu como um feixe de luz, tentando atingir Haunter, mas o mesmo não era atingido e Elekid passava por Haunter. Mesma coisa aconteceu com Snivy e Charmander, que atacavam certo, mas Haunter não era atingido. Haunter aproveitou e contra-atacou com o Night Shade e fez uma miragem para cima de Elekid, Charmander e Snivy, que caíam nela.

Haunter aproveitou que os 3 pokémons haviam caído na miragem e atacou-os em cheio, jogando os pokémons no chão e atacando mais uma vez. Dessa vez Haunter atacou com outro movimento, diferente dos que já tinha usado, Haunter usou mais uma vez suas mãos flutuantes, mas desta vez as duas ficavam com uma aura sombria, que logo Haunter usava para atacar os 3 pokémons enquanto estavam caídos pelo último golpe desferido por Haunter.

Haunter, pelo incrível que se pareça atacou mais uma vez, com o mesmo movimento anterior, só que desta vez Elekid se levantou, demonstrando ser rápido e ficou de braços abertos, em frente aos pokémons de Red e Ryuumaru, protegendo-os.

Elekid tomou o golpe de Haunter, caiu de joelhos mas não fechava os braços, continuava a receber golpes de Haunter até que Red e Ryuumaru reagiram, mandaram seus pokémons ajudarem Elekid, mas seus movimentos não funcionavam em Haunter, por ser do tipo fantasma.

Elekid já estava quase desmaiando, até que este começou a girar seus braços lentamente, pegando velocidade até ficarem mais rápidos, Elekid então disparou uma descarga de energia contra Haunter, que afetou Haunter e o feriu, Haunter saiu dali para se recuperar de seu ferimento pela descarga de energia que Elekid acabava de disparar.

- Elekid... - Disse Brendon, chegando até Elekid.

Brendon passou a mão na cabeça de Elekid, que ainda estava com suas faíscas saindo de si, mas Brendon continuou a acariciar o pokémon, até Ryuumaru observar todos os pokémons, dizendo que os 3 deveriam encontrar alguma poção ou um centro pokémon para seus pokémons, pois estavam muito feridos por Haunter.

Amanheceu, os 3 haviam dormido por ali mesmo, cada um fazendo sua mochila de travesseiro, agarrados em seus pokémons, até que um oficial chegava até os 3 e os acordava.

- Hey, vocês 3 ! - Exclamou o guarda.

Os 3 acordavam, assustados pelo guarda, mas logo eram recolhidos pelo mesmo e levados até a cidade de Viridian, que não ficava tão longe assim dali. Os três tentaram explicar o que havia acontecido, mas o guarda não sabia de nenhuma outra floresta na localidade a não ser a Floresta de Viridian, eles tentaram falar de Haunter, o guarda até sabia das lendas sobre um Haunter que vaga a floresta de noite em busca de pokémons e humanos para sequestrar, mas o guarda nunca tinha o visto, sendo que o turno dele é de manhã e de noite.

Brendon, Red e Ryuumaru adentravam no Centro Pokémon, local onde o guarda da floresta havia os deixado e lá mesmo conversaram juntos, comentando também sobre a batalha contra Haunter e o que haviam passado na Floresta de Viridian. Enquanto isso os pokémons dos 3 eram recuperados com sucesso e entregados pela Nurse Joy e sua Chansey.

- O que aconteceu com seus pokémons? - Perguntou a Joy, entregando as pokébolas aos garotos.

- Bom, fomos atacados por um Haunter - Afirmou Ryuumaru, recolhendo sua pokébola.

- É e ainda chamam isso de lenda - Comentou Brendon pegando sua pokébola também.

- Vou embora, pois tenho um ginásio a vencer... - Disse Red pegando sua pokébola e saindo pela porta do Centro Pokémon.

Os 2 garotos seguiram Red e Brendon o explicou que o ginásio dali é bem mais forte que os outros, Red ficou ainda mais ansioso e foi em direção ao ginásio, entretanto, para infelicidade de Red o ginásio estava fechado e o líder, Giovanni como estava escrito no folheto fincado nas portas do ginásio, só voltaria daqui a três meses.

Red desceu a pequena escadaria, onde Brendon e Ryuumaru estavam, infeliz pois sua vontade de pegar sua primeira insígnia não podia ser saciada. Ryuumaru comentou que havia outro ginásio perto dali, este era o de Pewter, Brendon complementou o comentário de Ryuumaru, dizendo que os pokémons eram do tipo Pedra e Terrestre e assim, os 3 foram em direção ao ginásio em busca de suas primeiras insígnias.

Fim...
Da introdução !

No próximo capítulo:

" Brendon, Red e Ryuumaru vão chegar em Pewter para desafiar o líder Brock, mas o mesmo não é encontrado por lá e seu irmão irá lutar no lugar dele, será que ele forte igual ao líder? E será que os 3 vão continuar uma jornada juntos ou só estão indo juntos pois só tem um caminho? Descubra no próximo capítulo... "
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sab 2 Nov - 11:17

3° Capítulo - O caminho para Pewter!

Após saírem da Floresta de Viridian e ter brevemente passado pela Viridian City, nossos heróis pegaram a estrada para ir em direção à Pewter City, que ficava à alguns quilômetros dali. Brendon, Red e Ryuumaru no caminho iam dando esbarrões um no outro, de forma amigável mas vingativa, que na maioria das vezes era até engraçada.

De repente, ao norte do caminho dos 3, passou uma sombra correndo, não deu nem para Red tentar sacar sua pokédex e Brendon tentar perceber o que era aquilo. A sombra ia em direção ao norte, onde tinha uma caverna, os 3 eram curiosos como a maioria dos seres humanos e foram atrás daquela pequena sombra.

Adentraram na caverna, que era muito escura, tentaram até caminhar lá mas tropeçavam em tudo que era coisa em seu caminho, teve um momento em que os 3 caíram por um tombo imitando o efeito dominó. Vendo que não teria como se orientar nessa caverna, Ryuumaru avisou ao outros 2 que eles deveriam sair dali, pois teria algum momento em que tropeçariam em algum pokémon e este iria atacar os 3.

Eles saíram da caverna, emburrados por querer ver o que era aquela sombra, mas Red que ao se virar viu um pequeno pokémon, azul puxado para o roxo, que tinha suas orelhas pontudas e apenas um dente, que era grande, semelhante ao de um coelho.

Red sacou sua pokédex, mas antes disso Brendon disse que era uma Nidoran, também disse que esses pokémons eram incomuns por ali, mas um que entrar em caverna ele nunca havia visto. Red olhou para Brendon e Ryuumaru e disse:

- Bom, acho que vou capturá-lo...

Red sacou a pokébola de Charmander, antes que o pokémon fosse embora, mas logo Ryuumaru puxava a de Snivy e o liberava, junto de Red. Ryuumaru encarava Red, que revidava com outro olhar, o pokémon, que via os dois se encarando, apenas foi andando para trás, fugindo dos 2. Brendon viu que o Nidoran tentava escapar e disse:

- Hey, antes que vocês se beijem, o Nidoran está indo embora.

Red e Ryuumaru começaram a encarar Brendon, que ficava com uma expressão de não estar nem ai pro olhar, até que Red lembrou do final e parou de encarar Brendon, mandando seu Charmander atacar a Nidoran com o Scratch, movimento em que Charmander avançava contra Nidoran com suas pequenas garras brilhando, para arranhar Nidoran com força, mas a pequena escapava graciosamente, contra-atacando com outro Scratch, acertando Charmander.

Ryuumaru notou que a batalha já havia começado, ele queria aquela Nidoran também, mas Brendon lhe disse que já era pois Red já iria capturá-la de qualquer forma. Red agradeceu a Brendon por não deixar Ryuumaru interferir na batalha e também mandou seu Charmander atacar com o Scratch mais uma vez, mas desta vez por cima.

Charmander ouviu perfeitamente, logo executando o ataque dando um salto com suas garrinhas brilhando, acertando Nidoran em cheio. Porém, para a infelicidade de Red, seu Charmander acabara de ficar envenenado, e seu corpo começava a ficar com um tom roxeado.

Nidoran aproveitava a situação para atacar com o Scratch, acertando Charmander que estava caído ao chão pelo efeito do envenenamento, Nidoran também atacou outra vez, só que desta vez sem nenhum movimento, apenas com sua cabeça.

Red queria cada vez mais aquela Nidoran em sua equipe, por isso, pedia para que Charmander tentasse lutar, mas ele não conseguia nem se levantar pelo efeito do envenenamento, então, Brendon se lembrou que em sua mochila havia uma fruta que fazia com que o envenenamento passasse, então, abriu sua mochila e entregou a fruta para Charmander, que a comia com lentidão pela fraqueza de seu corpo.

Charmander levantava com vigor, já que o envenenamento havia passado, Red que agradecia à Brendon rapidamente mandou um comando para Charmander, que o executava, fazendo com que suas garrinhas crescessem mais uma vez e atacasse Nidoran, dessa vez com cautela para não ficar envenenado mais uma vez.

Nidoran escapava do ataque e contra-atacava com o mesmo movimento que Charmander, fazendo suas as garras de suas 4 patas crescerem e depois avançar contra Charmander que desviava de seu ataque pulando. Ainda no ar Charmander abriu sua boca, pois havia escapado por um triz e de lá saiu várias brasas que acertavam Nidoran em cheio, deixando-a no chão.

Red viu o novo movimento de Charmander e ficava feliz, até então mandando seu Charmander atacar de novo com o ataque. Charmander abria sua boca, estufando seus pulmões e lançando uma quantidade enorme de brasas contra Nidoran, que tentava escapar rolando para frente no chão, mas era atingida.

Nidoran já estava muito cansada, não conseguia se levantar, então, Red pegou uma das pokébolas que o professor Oak havia lhe entregado e lançou contra Nidoran, que era puxada por um raio vermelho para dentro da esfera que caía ao chão, rolando para um lado e para o outro, rapidamente parando.

Red caminhava lentamente para a pokébola, pegando-a consigo e a colocando na cintura, Ryuumaru ia até ele e o parabenizava junto de Brendon pelo sucesso na captura.

De longe, um gordão barbudo que vestia uma roupa de explorador, observava a batalha de Red contra Nidoran que terminava na captura da mesma e se aproximava dos 3, o gordão, que se era intitulado de "Hiker" parava a conversa dos 3 e os perguntava se eles não iriam entrar na caverna, mas os 3 responderam que não pois lá era muito escuro, impossível de se caminhar. O Hiker se ofereceu para guiá-los até Pewter City, que ficava depois da caverna, os 3 aceitaram e seguiram o Hiker...

Continua no próximo capítulo.

Será que nossos heróis irão passar pela caverna sem nenhum perigo? A Nidoran é forte mesmo? E o Hiker, é uma pessoa confiável? Veja tudo isso e muito mais no próximo capítulo...
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sab 2 Nov - 18:51

4° Capítulo - Chegando em Pewter City !

Brendon, Red e Ryuumaru iam entrando dentro da caverna, junto do gordão que era chamado de Hiker, mas os 3 não se conformaram com apenas essa identificação, afinal, qualquer um poderia se disfarçar de gordão barbudo com roupa de investigador para roubar pokémons.

O Hiker ainda na entrada dizia para os heróis pararem, então, o Hiker pegou uma das 3 pokébolas que tinha em sua cintura e a lançou ao ar, que liberou um feixe de luz avermelhada, de onde saiu um grande pokémon verde, que tinha uma grande flor em suas costas de onde liberava um aroma doce que fazia com que os 4 ficassem muito calmos e folhas dessa flor cobriam algumas partes do corpo do mesmo. Red observava o pokémon, parecia que ele já havia visto ele em algum lugar, quando já ia sacar a pokédex Brendon o interrompeu e disse que era um Venusaur, mais uma vez Red ficou olhando para o mesmo.

- Isso mesmo, um Venusaur, quer dizer, MEU Venusaur - Disse o Hiker, dando algumas gargalhadas colocando a mão em sua grande barriga.

- Falando nisso, Hiker, se é que posso lhe chamar assim, qual o seu verdadeiro nome? - Perguntou Ryuumaru, encarando-o com uma expressão de desconfiança.

- Ah, meu nome é... - Disse o Hiker, interrompido pelo rugido de Venusaur.

Venusaur rugia, encarando a escuridão que havia na caverna, até que o Hiker ordenasse que o mesmo usasse o Flash, fazendo com que uma luz saísse do corpo de Venusaur, iluminando a área em que Venusaur estava. Os três ficaram surpresos pelo movimento, o Hiker continuou a dar gargalhadas ao ver o rosto dos treinadores, então, foi indo para frente, chamando os três treinadores para segui-lo.

Ryuumaru continuou a observar atentamente o Hiker, que ia caminhando calmamente pelo caminho que Venusaur ia iluminando, mais atrás estavam os treinadores que iam observando os pokémons que observavam os treinadores passando. Alguns deles eram pokémons que se assemelhavam a uma rocha mas que tinham braços e inclusive estavam camuflados em algumas rochas. Red já sabia que Brendon iria cortá-lo quando iria pegar sua pokédex para examinar os pokémons.

- Que pokémons são esses Brendon? - Perguntou Red olhando para Brendon, com uma expressão de que já sabia que a resposta iria vir num piscar de olhos.

- Porque você não vê na sua pokédex? - Perguntou, retoricamente, Brendon.

Red ficou com uma cara de poker face e ao sacar sua pokédex Brendon o respondeu rapidamente que era um Geodude. Red ficou olhando-o mais uma vez, até que o Hiker parou de andar, os treinadores também. Dois caminhos iam se abrindo, um para direita e outro para esquerda, o Hiker perguntou por qual os treinadores achavam que seria o certo, tendo uma resposta rápida de que era o da direita. O Hiker ignorou a resposta dos treinadores e foi para o caminho esquerdo e os três apenas o seguiram.

Então se deparam com o fim do caminho, os treinadores ficaram dizendo que estavam certos até o Hiker dizer para seu Venusaur dar uma patada em um certo lugar que o Hiker apontava. Venusaur foi até o lugar e deu uma forte patada no chão, fazendo um buraco, demonstrando ter um caminho subterrâneo.

Os treinadores se olharam por algum tempo, até que o Hiker de sua mochila retirou uma extensa corda, jogando-a no buraco para os 4 descerem. Primeiro o Hiker e depois os 3 treinadores desceram, vendo que o caminho subterrâneo era bem extenso o ânimo dos treinadores abaixou mas logo os 3 voltaram a caminhar em direção à saída.

No final da caverna, uma luz brilhava, era a saída, finalmente a saída da caverna e o começo da pequena rota que dava acesso a Pewter City. Porém, ao chegarem no final o Hiker se virava e seu Venusaur também, depois, o Hiker retirava sua roupa, mas NÃO É o que alguns de vocês estão pensando, por debaixo da roupa havia outra roupa, só que esta era cinza e tinha um grande " R " roxo no meio da blusa.

O Hicker, que demonstrava não ser gordão e não ter aquela barba toda, encarava os três treinadores, até estender sua mão e perguntar se eles queriam o jeito fácil ou o jeito difícil.

- Hm? Pra que os 2 jeitos? Se vai querer cair na porrada ? Bora então ! - Exclamou Brendon ficando na posição de lutador de boxe.

- Há, você é engraçado mas nem tanto. Sou da Equipe Rocket, entreguem seus pokémons ou sofram as consequências !  - Exclamou o membro da Equipe Rocket, ficando em uma posição vergonhosa para o mesmo.

Brendon ficou encarando o membro da Equipe Rocket, até se tocar que era aquela Equipe Rocket que ele tinha ouvido falar, Brendon perguntou para o membro da equipe Rocket se ele não iria cantar o lema deles, mas o Rocket olhou para baixo, com uma expressão de tristeza por não ter nenhum lema.

- Nossa, você é da Equipe Rocket e não tem um lema ? - Perguntou retoricamente Red, colocando a mão em seu rosto.

O membro da Equipe Rocket disse que não precisava de um para brilhar na equipe, só precisava completar suas missões e uma delas era pegar alguns pokémons para a equipe. Então, o Rocket estendeu a mão mais uma vez, perguntando se queriam do jeito difícil ou do jeito fácil, rapidamente Ryuumaru disse que queria o jeito difícil. O Rocket ficou olhando para o treinador, que ia tomando a frente dos outros, e chamou seu Venusaur, mandando-o atacar com o SolarBeam, movimento em que Venusaur carregava energia solar em sua flor e a lançava contra seu oponente em forma de raio. Como eles haviam saído da caverna o SolarBeam carregaria mais rápido, mas, o dia estava nublado, o que faria Venusaur demorar com seu ataque.

Os treinadores liberaram seus pokémons, tarde demais, o SolarBeam ia em direção aos treinadores e aos seus pokémons, mas, no último instante um pokémon amarelo com listras pretas passou como um relâmpago facilmente quebrando o relâmpago ao meio.

O pokémon, que tinha 2 cabos atrás de si, encarava Brendon, até que o mesmo se deu conta que seu irmão estava ali.

- Irmãozinho...vejo que arrumou encrencas e amigos ! - Exclamou o homem de cabelos negros e olhos brancos que saía das árvores.

- R-Ray... - Gaguejou Brendon ao ver seu irmão por ali.

Ray rapidamente desviava seu olhar para o Rocket, logo mandando seu Electivire apenas atacar com o Giga Impact, movimento em que Electivire colocava seu ombro para frente e corria em disparada de lado com uma aura roxa que se formava a medida que corria contra o pokémon, até acertá-lo com uma extrema força, deixando-o desmaiado num piscar de olhos.

- Electivire, mande-os para longe daqui ! - Exclamou Ray, apontando para o Rocket que tentava correr retornando seu pokémon para sua pokébola.

O Rocket tentou fugir, mas Electivire bateu suas mãos, gerando energia do nada e esticando seus braços para cima, fazendo com que rapidamente um imenso raio caísse em cima do Rocket. Electivire então finalizou com o Thunderbolt disparando uma grande explosão elétrica contra o Rocket, o jogando longe.

- Parece que você está indo para Pewter City, ou estou errado? - Perguntou Ray, retornando Electivire para sua pokébola.

- Sim, estamos sim ! - Exclamou Brendon, ficando feliz em ver seu irmão salvando-os.

Nossos heróis foram em direção à Pewter City, junto do irmão de Brendon que contava algumas coisas sobre o ginásio. Mas logo a diversão iria acabar, Ray teria que voltar para Johto e então se os 3 se envolvessem em outra enrascada não teriam ajuda e teriam que se virar.

- Bom, quando vocês chegarem a Liga Pokémon eu vou estar assistindo ! - Disse Ray, indo embora em cima de seu Salamence usando o Fly.

Red e Ryuumaru começaram perguntar a Brendon como que era ser irmão do campeão de Kanto e Johto, mas não daria tempo de explicar tudo se eles quisessem chegar a tempo de desafiar o líder do ginásio de Pewter, sendo que ainda deveriam passar no centro pokémon para descansar seus pokémons e eles mesmos.

Continua no próximo capítulo...

Quem desafiará o ginásio primeiro? Quem será o líder do ginásio? Acho que não tem mais nada pra escrever aqui, então, só veja o próximo capítulo ÒWÓ
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Dom 3 Nov - 13:02

5° Capítulo - Líder ausente ?!

Era noite em Pewter City, Brendon, Red e Ryuumaru dormiam no mesmo quarto, claro com camas de beliche. Por alguma coisa os 3 não conseguiam dormir, por isso ficavam conversando baixo para não atrapalhar as pessoas que dormiam em outros quartos, uma das conversas era para decidir quem seria o primeiro a batalhar no ginásio. Brendon queria, Red queria e Ryuumaru também queria, eles tentaram tirar no zerinho ou um, mas ninguém sobrava, então, resolveram sair das camas e organizar uma batalha/treino, quem ganhasse entre os três iria desafiar o ginásio.

Ryuumaru foi o primeiro a sair do centro pokémon, indo direto para um campo exclusivamente para batalhas que não era usado fazia um tempo já. Brendon e Red não demoraram a chegar e quando chegaram já viram Ryuumaru liberando Snivy e se preparando para a batalha, Brendon também liberou Elekid e Red seu Charmander, logo começando a batalha.

- Snivy use o Tackle ! - Exclamou Ryuumaru começando a batalha.

Snivy pegava impulso e corria contra Elekid e Charmander, jogando seu corpo contra os mesmos, mas Elekid por sua incrível velocidade desviava facilmente, Charmander também mas este era acertado de raspão por Snivy que caía ao chão. Red mandava o pokémon lagarto acertar os dois outros pokémons com o Ember, disparando várias brasas que acertavam Elekid e Snivy, mais em Elekid que estava virado para Charmander. Elekid se levantava brevemente e atacava com o ThunderShock, carregando energia com seus braços girando e depois lançando-a contra os dois pokémons oponentes, acertando-os e os deixando no chão.

- Se continuar assim vamos ganhar facilmente...  - Disse Brendon, olhando fixamente para Elekid.

Snivy não se dava por vencido e contra-atacava com o Tackle, movimento que seu treinador acabava de pedir para que o pokémon cobra efetuasse. Snivy lançava seu corpo mais uma vez contra os dois pokémons, mas estes desviavam facilmente de Snivy que ficava cada vez mais furioso. Red não hesitou e mandou seu Charmander atacar com o Ember, o pokémon lagarto então estufou seus peitos para carregar várias brasas e expirou todas elas contra Elekid e Snivy, mas o primeiro desviava enquanto o segundo era atingido em cheio.

Elekid ia carregando mais energia em seus braços e a lançava contra seus oponentes, atingindo-os com um Thunder Shock que seu treinador havia comandado. Snivy se cansava, por ser atingido várias vezes por seus oponentes e Charmander desviava do ThunderShock se jogando para o lado, pois este ataque era muito rápido. Snivy se levantou e começou a encarar Elekid e Charmander, até que, sem seu treinador mandar, usou um novo ataque, neste Snivy criava dois cipós e começava chicotear Charmander e Elekid até deixá-los no chão, inconscientes.

- N-Não acredito... - Disse Red retornando Charmander para sua pokébola e segurando firmemente a mesma.

Brendon retornava seu Elekid para a pokébola do mesmo, chegava até Ryuumaru e dava os parabéns para ele, já que derrotou o pequeno pokémon tomada. Ryuumaru agradecia os parabéns, porém, Red não falou com Ryuumaru e foi direto para o centro pokémon com a pokébola de Charmander em suas mãos. Ryuumaru parabenizava seu pokémon por ter aprendido um novo movimento, enquanto isso Brendon ia para o centro pokémon curar Elekid junto de Ryuumaru.

Amanheceu, Ryuumaru já estava acordado e apenas se arrumando para sua batalha no ginásio, já Brendon acabava de acordar, se levantando e perguntando se ele ia sozinho ou queria torcida, ele preferiu a segunda opção, então, Brendon também se arrumou e os dois foram para o ginásio. Logo no corredor dos quartos da " pousada " do centro pokémon, Red estava sentado, lamentando pela derrota que tinha acontecido a noite.

Brendon foi consola-lo, já que Ryuumaru merecia a vitória por seu pokémon, mas mesmo assim Red não se conformava pela derrota, se levantando e indo em direção ao ginásio de Pewter para tentar desafiar primeiro que Ryuumaru. Brendon apenas o seguiu, saindo do Centro Pokémon e indo em direção ao ginásio que não ficava muito longe dali.

Chegando lá Red e Ryuumaru estavam lado a lado, em frente à porta do ginásio, lá eles iriam tentar derrotar o líder do ginásio de Pewter. Chegava o momento que todos esperavam, os dois abriram as portas, respirando fundo e ao olhar para dentro do ginásio viram um monte de rochas e estas formavam o campo de batalha do ginásio e lá estava o líder, no meio do ginásio.

- Vieram me desafiar? - Perguntou o garoto de altura mediana, cabelos marrons, olhos puxados e camisa verde.

- Sim, vim te desafiar ! - Exclamaram, Red e Ryuumaru juntos.

- Vocês sabem que só pode um né? - Disse o garoto, olhando eu acho* para os dois

Os dois se olharam, Ryuumaru falou que ele ia desafiar o ginásio primeiro pois ele venceu a batalha, mas Red falou que eles chegaram juntos então ele também podia desafiar, até que o garoto chegou até os dois e perguntou seriamente quem seria o desafiante, Red desistiu e deixou Ryuumaru descer as escadas para começar a batalha...
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Seg 11 Nov - 21:12

6° Capítulo - Batalha Acirrada !

Ryuumaru e o líder do ginásio foram para o campo, Ryuumaru do lado direito e o Líder no lado esquerdo, separados por uma linha que cortava o meio, fazendo o campo. O líder se apresentava, pois não havia se apresentado antes, revelava ser irmão o irmão de Brock, Forrest.

- Tudo bem, acho que só falta o Juiz. - Disse Forrest, já pegando a pokébola de seu pokémon.

Brendon estava na arquibancada, sozinho pois Red tinha saído do ginásio com uma expressão fechada, sem emoções, nem raiva nem tristeza. Brendon levantou-se e perguntou se ele não podia ajuizar a batalha, Forrest disse que sim já que seu pai nem seu irmão mais velho estava por ali.

- O desafiante começa ! - Exclamou Brendon, levantando seu braço para o lado direito.

Ryuumaru rapidamente liberava seu Snivy, que se preparava para a batalha, Forrest também, este havia liberado um Rhyperior. Ryuumaru olhava fixamente para o Rhyperior, com a boca aberta pois não esperava que teria que batalhar com um pokémon daquele.

De repente, dos portões que tinham na lateral do ginásio, ao lado da arquibancada, saía o irmão mais velho de Forrest, com uma criança em seu colo, esta era a irmã mais nova dos dois. Logo atrás apareciam mais 7 crianças, todas chamando por Forrest e este chateado pois iria começar a batalha contra Ryuumaru pela insígnia do ginásio. Brock, o irmão de Forrest, fitava-o ainda segurando sua irmã, até que Brock esticou seu braço e com seu dedo indicador mexeu para trás e para frente, chamando Forrest até ele.

- Forrest ! Eu não te disse para me chamar quando chegasse um desafiante?!

Forrest olhava para baixo, para tentar desviar do olhar de seu irmão mais velho, mas este levantava sua cabeça. Forrest tentava se desculpar com o irmão, dizendo que ele queria apenas testar o Rhyperior que já estava muito tempo sem batalhar no ginásio. Brock sorria para Forrest, mas ele não deixaria Forrest batalhar contra Ryuumaru pois este era um treinador novato e Rhyerior era um pokémon avançado.

Brock entregou a irmã mais nova nos braços de Forrest, dizendo para este que era melhor que ele batalhasse e então entrou dentro do campo de batalha que era rodeado por pedras, dificultando a visão de pokémons baixos que nesse caso o Snivy estaria em uma certa " desvantagem " que seria descoberta mais a frente.

- Vejo que você quer ajuizar a batalha. - Disse Brock, olhando eu acho* para Brendon que estava na lateral do campo de batalha, exatamente na linha que separava os dois lados do campo.

Brendon respondia, fazendo um movimento de positivo com sua cabeça. Brock pegou a primeira pokébola que tinha em sua cintura e a jogou para cima, liberando seu primeiro pokémon por um laser vermelho, este pokémon era igual ao pokémon que os 3 treinadores haviam visto na caverna um dia antes. O pokémon era semelhante a uma rocha, fazendo a camuflagem em meio as pedras que tinham no campo, o pokémon tinha dois braços mas não tinha pernas e este também era afetado pela altura das pedras que cercavam o campo.

- Como havia dito antes: O desafiante começa ! - Exclamou Brendon, levantando o braço para o lado de Ryuumaru.

Ryuumaru que já tinha liberado Snivy, mandava que seu pequeno pokémon atacasse com o Tackle. Snivy ia de encontro contra Geodude que estava do outro lado do campo, desviando das pedras que encontrava pelo caminho, mas ao chegar do outro lado do campo se deparou com apenas o fim do campo e Brock olhando para Snivy. Ryuumaru ficava preocupado pois não conseguia ver onde estava Snivy já que as pedras de altura mediana bloqueavam sua visão. O pokémon de Brock surpreendia o de Ryuumaru, passando por cima deste num pulo e lançando uma pedra que havia pegado contra Snivy, que era acertado e ficava no chão.

Brock ainda mandava seu pokémon, que era reconhecido como Geodude por Brendon, atacar com o Tackle, movimento em que Geodude ia pulando, já que não tinha pernas, em velocidade para atingir Snivy, mas este se recuperava e esquivava por pouco da investida de Geodude, fazendo com que ele batesse contra uma pedra e ficasse preso por lá.

Ryuumaru escutou o barulho de Geodude batendo com sua cabeça na pedra e ficando preso lá e pelo som do choque de Geodude contra a pedra ele percebeu onde estava Snivy e mandou-o atacar com o Vine Whip, até acertá-lo. Snivy criava alguns cipós na área de suas costas e atacava com estes contra Geodude, atingindo-o pois o pokémon rocha não tinha chance de escapar, já que estava preso na pedra.

- Geodude use o Rock Polish duas vezes e depois saia daí rapidamente ! - Exclamou Brock, apenas olhando para Geodude com seus braços cruzados.

Brock parecia apreensivo e calmo diante da batalha contra Ryuumaru e seu Snivy e essa calma era transferida para Geodude que tinha seu corpo brilhando, como se estivesse sendo polido. Isso aconteceu mais uma vez, fazendo com que Geodude parecesse mais liso e mais rápido, depois, Geodude colocou seus braços contra a pedra e empurrou-a, até desencaixar sua cabeça da pedra e cair ao chão.

Como Ryuumaru não tinha visão do que ocorria na batalha, como disse acima, ele apenas mandou que Snivy continuasse a atacar com o Vine Whip até acabar a batalha, o que favorecia a Geodude uma chance de escapatória e contra-ataque repetidamente. Mas isso não aconteceu, pelo que posso dizer não aconteceu da primeira vez já que Snivy repetiu o último movimento, criando cipós em suas costas e chicoteando Geodude, este tinha aumentado sua velocidade, nem tanto mas foi o suficiente para escapar parcialmente dos ataques de Snivy. Geodude foi escapando pelas pedras, ele já sabia as trilhas que haviam e todas as manhas do lugar, até que Snivy sem querer em um ataque atingiu uma pedra, a rachando e levantando uma pequena e breve cortina de poeira...

Continua no próximo capítulo...

Será que Snivy vencerá Geodude? Brock continuará calmo diante das desvantagens de Geodude? E Red, o que está fazendo? Veja no próximo capítulo. Talvez a última pergunta não seja respondida, TALVEZ.
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Ter 12 Nov - 11:24

7° Capítulo - Fim da Batalha...

A cortina abaixou, apenas era visto o pokémon de Ryuumaru levantado, e este não conseguia ver seu pokémon pelas pedras que ficavam em sua frente. Brendon levantou seu braço lentamente, já sabendo que Geodude estava desmaiado pois viu a cena toda, apontando para Ryuumaru com seu dedo indicador, dizendo que Ryuumaru acabava de ganhar o primeiro confronto.

O alívio chegou como expressão e emoção predominante em Ryuumaru, este chamava Snivy para dar-lhe os parabéns por ter ganhado o primeiro confronto, faltando apenas o último para a conquista de sua primeira insígnia se concretizar. Ryuumaru não perdia tempo e já exclamava para Brock que já estava pronto, Brock ouviu e liberou seu segundo e último pokémon na batalha, um pokémon completamente feito de pedra, igual ao outro, só que maior, sem braços nem pernas, se assemelhando a uma serpente imensa de pedra com um tipo de "chifre" no topo de sua cabeça. Ele rugia, um rugido que fazia tudo em volta tremer, quebrando inclusive algumas rochas que tinham pelo campo, enquanto fitava o pequeno Snivy que o encarava com um olhar medo. Brock começava a batalha com um comando para Onix, esse comando seria para que Onix atacasse com o Rock Throw, Onix ouviu-o e logo levantou uma grande rocha com sua cabeça e a jogou para cima, batendo com a cauda na rocha, a espatifando e jogando os fragmentos contra Snivy, que desviava com dificuldade, apenas sendo atingido de raspão.

Snivy já estava desgastado pela última batalha, se perdesse agora não teria outra chance já que ele era o único pokémon do desafiante. Snivy também estava demorando para executar os comandos de seu treinador por causa do cansaço como havia dito antes, mas não significava que ele não atacaria, o que era comprovado já que Snivy contra-atacava com o Vine Whip, movimento que seu treinador havia mandado Snivy usar. Snivy então produziu cipós em suas costas, tentando chicotear Onix, mas este desviava facilmente de seus ataques, já que eles estavam bem lentos.

Seria uma batalha muito difícil para Snivy, mesmo tendo vantagem contra Onix que era do tipo Solo e Rocha, Brock voltava a mandar Onix atacar de novo, desta vez com outro movimento que era inédito na batalha, o Rock Tomb. Onix jogava várias pedregulhos contra Snivy, que por sorte, uma imensa sorte, desviava com dificuldade, sem tomar dano.

Snivy tentava se esconder em meio as pedras, mas, a vantagem de Onix, como disse que seria descoberta no capítulo anterior, era a altura deste. Com a altura de Onix ele conseguia ver tudo dentro e em volta do campo, por isso Snivy não poderia se esconder nas pedras e teria que enfrentar cara a cara Onix, mesmo sabendo que assim a batalha poderia se acabar mais rápido do que se pode imaginar.

Ryuumaru não aceitaria uma derrota, ele queria aquela insígnia, afinal era a sua primeira em toda a sua jornada em Kanto, assim mandou seu Snivy atacar com o Vine Whip até o final da batalha, pois se atacasse com uma investida além de não fazer muito dano ficaria na cara de Onix, tomando um contra-ataque fatal e óbvio.

A batalha se prolongava com Snivy atacando com seus cipós em suas costas e Onix desviando destes, até que Brock mandou seu pokémon acabar com a batalha usando o Bind e depois jogá-lo para o ar, terminando com o Tackle e o Rock Throw. Seria uma combinação mortal contra Snivy que já era preso pela cauda de Onix, sem saída foi lançado para o ar e tomou uma investida feroz de Onix que pulava ao ar acertando o pequeno pokémon com sua cabeça, dando mais impulso a Snivy que estava perto do teto.

Onix já iria terminar de atacar, lançando uma pedra que tinha pegado com sua cauda, mas Snivy não desistiu e agarrou a pedra que era lançada contra ele, agarrou com os cipós e a lançou para o lado. Snivy começou a emanar uma energia verde que tomava seu corpo inteiro, ele começava a ficar com mais raiva, até que atacou com o Vine Whip, crescendo seus cipós e acertando Onix no meio de sua cabeça, em cheio.

Onix caía ao chão, levantando mais uma cortina de poeira imensa que cobria grande parte do campo, até que Snivy caiu lá de cima, entrando dentro da cortina.

A cortina de poeira ia abaixando, abaixando até abaixar completamente, vendo apenas Onix e Snivy caídos, desmaiados ao chão. Brendon ergueu os dois braços, um para cada lado, dizendo que havia dado empate entre os dois treinadores.

- Hm...vejo que chegamos ao empate... - Disse Brock, retornando Onix para sua pokébola e desativando o campo de rochas do ginásio.

Ryuumaru entrava dentro do campo e retornava seu Snivy para sua pokébola, triste por não ter vencido, agradeceu à Brock e foi embora, com a cabeça baixa. Saiu pela porta, com a luz batendo em seus olhos ele nem acreditava que já estava de tarde, mas mesmo assim foi andando pela rua.

- Ué, cadê ele? - Perguntou para si mesmo Brendon procurando Ryuumaru pelo ginásio.

- Bom, se você encontrar ele... - Disse Brock, chegando até Brendon e entregando-lhe a insígnia do ginásio.

Brock disse que ele tinha ganhado a insígnia por mérito e por garra de seu pokémon, ele acreditava que a jornada de Ryuumaru ainda teria mais dificuldades mas seriam superadas por essa força que ele tinha junto de seu pokémon. Brendon pegou a insígnia e saiu pela porta, andando para o Oeste até chegar à Rua do Museu que tinha em Pewter, da esquina ele viu Red e Ryuumaru conversando na porta do Museu, olhando para este.

Brendon chegou até os dois, eles não tinham notado a presença de Brendon e ele acabou ouvindo a conversa. Red dizia que ele tinha conseguido a insígnia de um homem que ficava na entrada de Pewter, os 3 não tinham visto ele porque ele estava em horário de almoço, por incrível que pareça, em uma batalha. Ryuumaru lamentava por não ter ganhado o ginásio, mas Brendon o interrompia e entregava-o a insígnia do ginásio de Pewter.

- M-Mas... eu não ganhei o ginásio... - Disse Ryuumaru pegando a insígnia e olhando fixamente para ela.

- Larga de frescura cara, o Brock disse que você ganhou isso por merecer, até me disse um mini discurso pra repetir pra você, mas agora eu tô com fome - Disse Brendon, colocando a mão em sua barriga que roncava.

Os 3 saiam de frente do Museu, nem haviam parado para observar os fósseis que estavam em exposição, foram direto para um restaurante que tinha por ali, felizmente ainda tinha comida mesmo sendo umas 15:00. Ao chegar no restaurante Brendon sentiu que havia alguém observando-os, mas ignorou e foi sentar com seus amigos para almoçar.

Fim da continuação.

Quem será essa pessoa? Será um treinador? Pra onde os 3 vão depois do restaurante? E quem ficará com dor de barriga depois de comer tão rápido que chegou a morder a língua? Veja no próximo capítulo.

OBS: A última pergunta é zoação E_E
OBS²: Aquelas * que eu tinha colocado depois de " Eu acho " em algumas falas do Brock e do Forrest foi por causa dos olhos, na verdade foi uma forma de colocar uma graça leve no texto.
OBS³: Se notarem alguma gíria no texto, ou até mesmo uma abreviação errada, fiquem calmos porque eu não errei foi completamente de propósito para tirar a sensação de seriedade do texto.
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sex 15 Nov - 10:57

8° Capítulo - O "R" volta...

Os 3 almoçaram, saíram do restaurante e foram em direção ao Centro Pokémon para descansar os pokémons de Red e Ryuumaru, que haviam batalhado no ginásio, e a si mesmos. Chegando no Centro Pokémon, após deixar os pokémons com a Nurse, eles perguntam se poderiam ficar por ali, apenas por um dia e que no próximo iriam para outra cidade, a Joy respondeu afirmativamente, com a cabeça e um sorriso no rosto.

Enquanto esperavam os pokémons serem curados, os três treinadores observavam o mapa da região de Kanto, que estava colado na parede do Centro Pokémon, e tentavam decidir para qual cidade iriam partir, já que todas as que eles observavam tinham um ginásio pokémon. Cada um queria uma cidade, Brendon uma, Red também uma e Ryuumaru outra. Felizmente os três chegaram a um acordo, este era que todos iriam para Cerulean City pois era a cidade mais próxima e se pudessem, capturassem alguns pokémons para a batalha contra o líder do ginásio.

Escureceu, todos foram para os quartos, Brendon, Red e Ryumaru foram para o mesmo quarto em que haviam dormido da última vez, parecia o mesmo desde que eles haviam passado por lá. De madrugada, Brendon não conseguia dormir, rolava para um e para o outro, até se levantar e ir refrescar a garganta no bebedouro que tinha no final do corredor onde ficavam os quartos.

Bebendo a água, Brendon tomou um susto por um estrondo que vinha da parte onde ficava a entrada e saída do Centro Pokémon, cuspiu a água em toda a parede, indo em direção do barulho. Elekid estava fora da pokébola, andando silenciosamente ao lado de Brendon, até chegar ao lugar onde o barulho foi feito. Do lado de fora do Centro Pokémon eram vistos 3 pessoas, dentre esses elementos 2 estavam do lado da esquerda e 1 do lado direito.

Brendon subiu as escadas mais uma vez, dessa vez para voltar ao quarto, para colocar suas roupas casuais. Voltando lá viu Red e Ryuumaru ainda dormindo, só que sonhando alto, ou seja, falando enquanto sonhavam. Brendon ignorou e foi se arrumar, depois desceu as escadas mais uma vez, só que desta vez não viu as 3 pessoas de fora do Centro Pokémon, então chegou perto das portas e viu que a fechadura estava arrombada. Brendon olhou para atrás e viu que a porta que levava para a UTI do Centro Pokémon estava escancarada, foi até essa porta e liberou Elekid ao seu lado, vendo que as 3 pessoas que estavam fora do Centro Pokémon estavam dentro daquela UTI, elas usavam roupas cinzas que tinham um R roxo no meio da blusa, igual ao do Hiker. As três pessoas estavam andando até outra porta que levava aos ovos pokémons, parecia que eles queriam roubar os ovos de pokémon.

- Hey, vocês vão fazer o que aí?! - Exclamou Brendon ao lado de seu Elekid que já girava os braços se preparando para a batalha.

Os Rockets viraram para Brendon, que os olhava fixamente com os braços cruzados, os Rockets apenas riram e liberaram seus pokémons. Os dois eram os mesmos pokémons, dois pokémons semelhantes à morcegos, só que azulados com as asas roxas, sua boca não fechava, as vezes parecendo um sorriso.

- Golbats ! - Exclamou Brendon.

Elekid se preparou para a batalha, mas era interrompido por outro estrondo, dessa vez perto deles, era a porta da sala de Ovos Pokémon, ela foi explodida pelo terceiro Rocket. Fora da sala de UTI, Red e Ryuumaru chegavam, já que tinham escutado o estrondo lá de cima, entrando na UTI e vendo Brendon com seu Elekid na frente dos 2 Rockets com seus Golbats.

- Precisa de ajuda? - Perguntou Ryuumaru, colocando a mão em sua pokébola.

Brendon olhou para trás e sorriu, mandando seu Elekid atacar com o ThunderShock, lançado uma descarga de energia contra os Golbats, que desviavam rapidamente do choque de Elekid, contra-atacando com o Wing Attack, deixando suas asas bem abertas e atingindo Elekid várias vezes, fazendo-o ficar apoiado com um joelho no chão para não cair.

- Nós cuidamos deles, vá ver o que está acontecendo na sala ! - Exclamou Red liberando seu Charmander, junto de Ryuumaru que liberava seu Snivy.

Brendon correu até a sala, " driblando " os Rockets e entrando na sala. Enquanto isso Red perguntava para Ryuumaru se este estava pronto, ele respondeu que sim e começaram a batalha. Red mandou Charmander atacar com o Ember e Ryuumaru comandou seu Snivy à atacar com o Vine Whip. Charmander estufou o peito, pegando ar, e liberou várias brasas que acertavam os Golbats que caíam ao chão com as asas batendo, pela ardência das brasas. Snivy aproveitou e liberou seus cipós nas costas, chicoteando os Golbats cada vez mais forte, deixando-os ainda no chão.

Continua...

O que será que o terceiro rocket está fazendo na sala de ovos pokémon, além de roubando? Os Golbats vão reagir? E será que ninguém vai acordar por causa do barulho da batalha? Descubra no próximo episódio, eu acho E__________E.

OBS: Estava sem criatividade nesse oitavo capítulo, nem repara.
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sab 16 Nov - 14:07

9° Capítulo - Evolução nem tão fatal !

Os Golbats se levantavam, com uma imensa raiva, eles se levantavam ainda lado a lado e, para o susto dos dois treinadores, eles começavam a brilhar intensamente, suas asas eram multiplicadas, sendo quatro agora, aquele bocão deles era diminuído, agora era semelhante a uma boca mesmo, seus olhos ficavam amarelos com as pupilas vermelhas e sua cor deixava de ser azul e virava roxo, completando o que seria o fim da batalha.

Os treinadores se olharam por um breve momento, até serem interrompidos pelo ataque dos dois pokémons que atacavam juntos, o que dificultaria a escapatória. O primeiro Crobat, descia em função ofensiva com suas asas com um brilho roxo, simbolizando o veneno. O segundo pokémon, fazia o mesmo, mas ia por trás do primeiro para evitar que algum deles escapasse do ataque fatal dos dois pokémons. Faltava alguns centímetros para serem atingidos, mas um ataque vindo de trás dos garotos era disparado, acertando os Crobats em cheio. Este ataque era um tipo de raio branco que seguia em linha reta até acertar os pokémons, jogando-os contra a sala dos ovos pokémons.

Ao se virarem, os garotos viram um grande pokémon semelhante à um urso, ele tinha uma pele meio azulada puxada para o azul-marinho e seus olhos eram totalmente fechados. Red sacava sua pokédex e a apontava contra o pokémon, descobrindo que era um Snorlax. Os treinadores, junto dos Rockets, ficaram surpresos pela presença daquele pokémon ali, até que seu treinador aparecia ao lado dele.

Seu treinador, um homem alto de pele branca, com cabelos morenos e olhos verdes, olhava fixamente para os Rockets e seus Crobats que naquela altura já deviam estar desmaiados, até que sorriu, dizendo que nunca tinha visto um pokémon da equipe Rocket evoluir de um jeito tão insignificante. Os garotos o encaravam, ainda não entendendo o que o homem havia dito, até que este o olhou também.

- Vejo que vocês são treinadores iniciantes - Disse o homem, com os braços cruzados.

Red continuou a encará-lo, mesmo sabendo que estava de costas para seus inimigos, até que o homem mandou seu Snorlax atacar com o Giga Impact, mesmo movimento que o Electivire de Ray havia usado nos Hiker e em seu Venusaur naquele dia. Assim, Snorlax começava a correr, lentamente mas quanto mais passos dava mais velocidade ganhava, até que uma aura roxa era formada em volta de seu corpo e Snorlax atingisse os Crobats que estavam na sala de ovos pokémon.

- Que isso ! - Gritou Brendon, tomando um susto pois estava discutindo com o terceiro Rocket.

O homem ia entrando dentro da sala, onde viu o terceiro Rocket, depois recolheu seu Snorlax para sua pokébola, encarando o terceiro Rocket.

- P-Percy? - Perguntou Brendon, gaguejando pois estava presente do último Elite dos 4.

O homem, cujo nome era Percy, olhava para o garoto depois sorria, dizendo que seu irmão havia mandado lembranças, já que Percy estava tirando " férias ", viajando por Kanto, sem data prevista para a volta dele na Elite. O terceiro Rocket o encarava, já conhecia-o a muito tempo, Percy já tinha estragado muitos planos daquele outro cara, mas desta vez ele dizia que Percy não iria estragar os planos dele.

O Rocket puxou uma pokébola de sua cintura, jogando-a ao ar, liberando um pokémon amarelo, semelhante à um humano, segurando duas colheres em suas mãos, ou patas. Inclusive ele tinha um bigodão, que era grande mesmo, maior que a cabeça dele.

O pokémon, reconhecido por todos como Alakazam, já começava a atacar com o Psychic, fazendo com que este emanasse uma aura azul e seus olhos ficassem dessa mesma cor, levitando Snorlax com facilidade até o topo e o jogando contra a parede, quebrando-a. Percy sorria e dizia que aquele Alakazam estava fraco ainda e aquele simples ataque não iria derrotar Snorlax com tanta facilidade e assim mandava seu Snorlax atacar com o Heavy Slam, jogando seu corpo contra Alakazam, mas este se teleportava antes que fosse atingido pela enorme barriga de Snorlax que fazia uma cratera no chão onde caía.

Percy disse para Brendon, Red e Ryuumaru para pegarem todos os ovos pokémons da sala e colocarem para fora dela, pois eles poderiam ser quebrados pelo impacto dos ataques de Alakazam e Snorlax. Eles foram fazer isto, mas o terceiro Rocket liberava um segundo pokémon, desta vez um pokémon semelhante a um humano também, mas este se parecia com um palhaço, tendo a parte de seu tronco branca e algumas bolhas rosas. Ele encarava os 3 treinadores com um sorriso estranho, que assustava algumas vezes, até que rapidamente colocou várias barreiras em volta da estante onde estavam os ovos pokémon.

- Tá de brincadeira né? - Perguntou retoricamente Brendon, olhando para Mr.Mime.

Os 3 treinadores mandaram seus pokémons atacarem contra as barreiras, para quebrá-las, mas Percy disse que não seria tão fácil quebrar as barreiras de Mr Mime, por este ser um pokémon especificamente treinado para fazer aquelas barreiras e que essas eram quase impossíveis de serem quebradas com ataques normais. Então, Percy mandou seu Snorlax aguentar os ataques de Alakazam e se jogar contra as barreiras, no intuito de quebrá-las com seu peso sobrenatural...

Continua...

Bom, parece que ninguém acordou né? Mas vamos ver no próximo capítulo se alguém acorda ! E também, será que nossos heróis vão quebrar as barreiras de Mr.Mime e salvar os ovos pokémons? Vamos ver no próximo capítulo.

OBS: Ninguém será principal nesses próximos capítulos, pode ser que aconteça uma coisa ou outra mas não será coisa de protagonista, pois até a chegada em Cerulean vão ser apenas as descobertas de novos personagens...
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Qua 20 Nov - 12:30

10° Capítulo Especial - Revolta !

Snorlax atacava contra as barreiras de Mr.Mime, mesmo sendo controlado pelo Psychic do Alakazam, e caía sobre essas barreiras, quebrando-as por seu imenso peso. Mr.Mime ficava olhando para Snorlax, assustado, mas logo voltava a construir mais barreiras para que os pokémons e os 3 treinadores não conseguissem recuperar os ovos pokémons. Percy ainda não desistia e mandava seu Snorlax atacar com o Giga Impact, acertando Mr.Mime em cheio com seu corpo envolvido por uma aura roxa, jogando Mr.Mime para cima com força, quebrando o teto.

Já estava na hora, algumas pessoas e treinadores haviam acordado, todos se perguntando que barulho era aquele no Centro Pokémon, sendo que alguns treinadores apareciam na porta da sala para ovos pokémons, vendo a batalha com certa vontade de participar dela.

- Hey vocês ai ! - Exclamou Brendon, olhando para trás e vendo os treinadores, continuando: - Se quiserem participar, tentem quebrar essas barreiras que o Mr.Mime está produzindo !

Os treinadores, um com cabelos brancos e olhos azul esverdeado e o outro usava um boné, tendo cabelos vermelhos e olhos roxos, liberavam seus pokémons, estes eram Pikachu e um outro, semelhante à uma Tartaruga. Brendon não reconhecia este último pokémon, pois este era de outra região e seu conhecimento amplo sobre pokémons só ia de Kanto até Johto.

- Hey, hey, hey, sou Cronos, antes de me perguntarem, meu nome é sim inspirado na mitologia grega. - Disse o garoto que entrava dentro da sala com seu pokémon ao seu lado, preparado para batalha. Continuando: - Sou um caçador pokémon, prazer em conhecê-los. E este é Tirtouga, vocês não devem conhecê-lo pois ele é de Unova.

Red olhava para ele, ainda concentrado na batalha, sem respondê-lo, enquanto isso os outros dois treinadores o respondiam, se apresentando também. O outro treinador, Richie, que se apresentava, recebia também as apresentações de Brendon e Ryuumaru, enquanto Red não cumprimentava ninguém, focado na batalha e na proteção dos ovos pokémons.

- Humpf, vão batalhar ou vão ficar parados aí ? - Perguntou retoricamente Red, mandando seu Charmander tentar quebrar as barreiras de Mr.Mime que se multiplicavam à cada segundo.

Charmander mandava brasas de sua boca. Sim, pela boca, seu Charmander era diferente da maioria dos outros pokémons iguais a este, sendo ele o único que fazia isto. Essas brasas acertavam algumas poucas barreiras de Mr.Mime, mas mesmo sendo pouco, ajudava. Enquanto isso Elekid girava seus braços mais uma vez, carregando energia, e liberava uma descarga de energia elétrica contra as barreiras que Mr.Mime produzia desesperadamente, acertando algumas poucas também. Snivy, como comando de Ryuumaru, atacava com seus cipós que saiam de suas costas, quebrando algumas barreiras, rachando outras, mas mesmo assim a quantidade ainda era grande.

O Pikachu, de Richie, se posicionava na frente de Charmande com um salto, depois liberando uma carga elétrica contra as barreiras, destruindo algumas barreiras também, mas precisamente, mais que Charmander, deixando este incomodado. Tirtouga também atacava, com seu treinador mandando este atacar com o Water Gun, disparando um jato d'água contra as barreiras de Mr.Mime, quebrando algumas delas. Claro que, como todos estes ataques acertaram os alvos, o número de barreiras de Mr.Mime diminuiu bastante, fazendo algumas passagens. Brendon e Red aproveitaram essa passagem, pulando dentro dela junto de seus pokémons, para não serem atacados por Mr.Mime que estava dentro das barreiras.

O Terceiro Rocket se irritava pois os dois treinadores conseguiram invadir suas barreiras e assim, mandava seu Alakazam usar o Psychic nos treinadores e em seus pokémons, mas, Percy o atrapalhava com seu Snorlax, mandando este se jogar em cima de Alakazam toda a hora. O pokémon psíquico se teleportava na hora em que seria atingido pelo ataque de Snorlax, mas mesmo assim Snorlax ia para cima dele sem descansar, nem parecia um Snorlax mesmo.

Parecia que tudo estava mais fácil, mas ainda tinha o Mr.Mime para ser derrotado, pensando pelo lado bom, eram dois contra um, porém pelo lado ruim, Mr.Mime era um pokémon experiente e forte, sendo um oponente muito difícil de ser derrotado de uma hora para a outra. Brendon mandou Elekid atacar com o ThunderShock, carregando mais energia elétrica em seus braços enquanto girava estes, lançando essa energia contra Mr.Mime que não escapava do ataque, pois estava ocupado consertando as barreiras destruídas pelos pokémons que estavam fora das barreiras. Charmander, de Red, atacava com Ember, jogando brasas ardentes contra Mr.Mime que estava caído e acertando-o.

Mr.Mime se levantava rapidamente, contra-atacando com o Psywave, estendendo seus dois braços e lançando uma onda psíquica contra os dois pokémons, acertando-os sem chance de escapatória...

Continua...

É, tá difícil, mas vejamos por um lado: Teve gente que acordou ! Até quem fim né? E aí, quem vai vencer nessa batalha(Mime vs Elekid e Charmander)?A batalha de Percy contra o terceiro Rocket vai terminar? E esses novos treinadores, são de confiança? Veja no próximo capítulo.
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Qui 21 Nov - 15:55

11° Capítulo Especial - Revolta ! Parte 2

Psywave acertava os dois pokémons, jogando-os contra a parede, fazendo com que alguns ovos pokémons que estavam na grande estante, balançassem e caíssem. Felizmente, como reflexo, os dois treinadores, Brendon e Red, pegavam os ovos pokémons em seus braços, colocando-os em seus devidos lugares. Passado o susto, a batalha continuava, desta vez com Brendon comandando Elekid para atacar com Quick Attack, mas, diferentemente do que você leitor e os próprios personagens pensavam, Elekid não disparou como se fosse um raio contra Mr.Mime e tentou acerta-lo, e sim atacava dando um chute na altura no joelho* de Mr.Mime, desequilibrando este e fazendo com que caísse ao chão, sem se levantar. Elekid acabava de aprender o Low Kick, movimento do tipo lutador, mas mesmo Mr.Mime tendo caído sem se levantar, o movimento não parecia ter sido tão forte contra Mr.Mime, afinal, era o " efeito " consecutivo de levar um chute forte no joelho.

Voltando a batalha, Red, que via Elekid aprender o novo movimento, aproveitava o momento em que Mr. Mime estava caído ao chão, gemendo de dor por seu joelho, e mandou seu Charmander atacar com o Ember, que era lançado, não me pergunte porque, pela sua boca, mas este movimento não era executado e sim uma fumaça negra que cobria toda a área dentro das barreiras. Poderia até ser aproveitada essa chance para recuperar os ovos pokémon, quebrar uma das barreiras e escapar dali, mas os treinadores também ficavam sem visão em meio a fumaça, não podendo fazer nada até que esta abaixasse.

A fumaça brevemente se abaixava, mostrando que fora da barreira Alakazam era derrotado pelo forte Snorlax de Percy, que não acabava seu trabalho, desta vez indo de encontro contra as barreiras que Mr. Mime criava, se jogando em cima delas e quebrando-as mais uma vez, só que em grande escala. Mr. Mime via suas barreiras serem destruídas num piscar de olhos pelo imenso peso de Snorlax e atacava com o Confusion, esticando seus braços e emanando uma aura azul de seu corpo, assim, acertando os 3 pokémons com uma força telecinética que fazia os três pokémons caírem ao chão, gritando de dor.

Mr.Mime tentava prolongar a batalha com seu Confusion até a derrota dos pokémons, mas como haviam mais pokémons longe da estante com os ovos pokémons, não estava tudo perdido. Como eu disse, primeiro Cronos, mandava seu Tirtouga usar um Water Gun, liberando assim um jato d'água contra Mr.Mime enquanto este atacava, acertando-o e o fazendo parar com a confusão sobre os pokémons. Richie, como todos ou maioria de nós sabemos, sabia que água conduz eletricidade, então pedia para que Pikachu atacasse com o Thunder Shock, liberando assim uma descarga elétrica contra Mr. Mime que era acertado em cheio pelo raio que ganhava uma força dobrada conduzido pela água. Ryuumaru para completar, comandava seu Snivy a atacar com o Vine Whip, liberando seus cipós de suas costas, chicoteando Mr. Mime várias vezes seguidas, acabando completamente com a batalha.

- Não pode ser...meu plano tinha tudo para se concretizar... - Lamentava o Rocket, pela falha diante dos seis treinadores que o encaravam.

A Nurse Joy, por incrível que pareça, chegava naquele exato momento, assustada pelo o que havia acontecido. Os treinadores explicavam o que havia acontecido, a Joy até entendia, mas a única coisa que ela queria era ligar para a Policial Jane para prender o Rocket. Infelizmente, quando viram o Rocket havia escapado, mas vendo pelo lado bom, ele não roubou nenhum ovo pokémon, saindo de mãos vazias e completamente derrotado.

Passou tudo aquilo, a Nurse Joy ligou para a Policial Jane, que chegava lá em apenas alguns minutos, e falava o que aconteceu, registrando tudo na polícia. Todos foram dormir, inclusive os 3 treinadores, antes disso Percy se despedia dos treinadores, dizendo que ele continuaria a andar por Kanto e que seria uma boa eles seguirem caminho até Cerulean, cidade que já estava nos planos deles. Agradecendo o conselho, os três foram finalmente dormir, acordando no dia seguinte e se preparando para ir em direção à Cidade de Cerulean.

Claro que antes de sair do Centro Pokémon eles recuperaram seus pokémons, por causa da batalha de madrugada e por coincidência os três treinadores ao saírem do Centro Pokémon, encontraram os outros dois treinadores, que nesse caso eram Cronos e Richie. Despediam-se destes, mas antes Richie falava para Red que seu Charmander parecia forte e também de que queria uma batalha contra este Charmander algum dia.

Saíram do Centro Pokémon, pegando o caminho que levava à Cerulean City, em busca da segunda insígnia.

Fim da continuação.

Hehe, parece que finalmente os treinadores venceram aquele Rocket e conseguiram salvar os ovos pokémon do Rocket, certo? Pois é, mas mais aventuras estão por vir e pokémons também !

*: Quem luta ou conhece Muay Tai se eu estiver errado me mande uma mp me corrigindo.(Lembrando sinceramente eu não vi, ou se vi esqueci, algum pokémon usar o Low Kick no anime, por isso estou usando o significado no Muay Tai)
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sab 23 Nov - 11:12

12° Capítulo - Caminho para Cerulean !

Já estavam na rota que levava para Cerulean, andavam calmamente, ainda era de manhã e o tempo parecia que não passava, dando uma ansiedade para os dois treinadores que iriam desafiar o ginásio de Cerulean em busca da segunda insígnia. Dois pois Brendon não iria desafiar os ginásios de Kanto, como disse alguns capítulos atrás, e sim os de Johto. E os dois treinadores, Red e Ryuumaru, rezavam para não acontecer nada que pudesse atrasar eles, quem mandou tocar nesse assunto...

Ao chegarem ao fim da rota, se deparam com uma caverna, nenhum dos três treinadores sabia qual era aquela caverna. Felizmente, uma treinadora, que estava um pouco afastada da caverna, estava treinando, os três garotos foram até ela para perguntarem onde estava, mas esta gaguejava um pouco, até responder claramente para os três. Era o MT. Moon, caverna que ligava a última rota de Pewter City com a primeira de Cerulean, seria um " atalho " e também o único caminho que existia. É, os três entraram um pouco receosos, não por medo de escuro, que seria um pouco vergonhoso, e sim por medo de se perderem em meio a caverna que além de ser escura tinha vários caminhos.

Brendon liberou Elekid, e pediu para que ele carregasse energia e tentasse concentrá-la em suas "antenas", depois pediu para que Red liberasse seu Charmander, já que a cauda deste tinha sua chama vital e que também servia para um tipo de luz extra. Diferente da caverna de antes, os três agradeceram à Deus por não terem um guia, vai que era outro Rocket? É, não correriam este risco. Então foram sozinhos, apenas os três, pela caverna, enquanto a garota de cabelos roxos e olhos azul-escuro ficava treinando. Vamos para a aventura então, os três treinadores iam seguindo em linha reta, até que se depararam com uma extensa parede de pedra da caverna mesmo. Red e Ryuumaru foram andando, enquanto Brendon notou um tipo de rocha brilhante, ele se abaixou e retirou o excesso de terra, descobrindo ser uma pedra. Recolheu esta pedra, colocando-a em sua mochila e seguiu até Red e Ryuumaru que já estavam um pouco distantes. Podem falar que Brendon se deu bem, pois é, se deu mesmo, era uma Pedra da Lua.

O pior que podia acontecer, aconteceu, os três treinadores se perderam em meio aos vários caminhos da caverna, que levavam para diferentes locais, parecia com a terra depois de colocada a minhoca, mas não reparem nisso, foi viagem minha. Okay, voltando ao assunto principal, como eles sairiam dali? Sei lá, eles se separam, indo um para cada caminho, e concordaram que o que encontrasse a saída primeiro iria gritar para o outro ir até onde estava o que encontrou. Confuso? Nem tanto, Brendon foi pelo caminho da direita, Red pelo do meio e Ryuumaru pelo da esquerda, sendo bem fácil a escolha porque eram apenas 5 caminhos mesmo. Não adiantou de nada, os três se encontraram num caminho sem saída, voltaram e decidiram ir pelo último caminho da direita, sobrando assim o esquerdo.

Lá no fundão do caminho tinha uma luz, fraca, mas isto pela distância que existia entre essa luz e os três treinadores. Não demorou muito e eles já estavam lá, foram correndo pois acharam que era a saída e, por incrível que pareça, a "luz" se virou e tomou um susto com os três treinadores correndo atrás, então também começou a correr. Parecia uma perseguição bizarra. Quando os treinadores notaram que era uma pessoa, pararam de correr e gritaram para esta pessoa que foi um engano, ela também parou de correr e voltou andando até os treinadores, mostrando ser a mesma garota que estava fora da caverna.

- Hm? Era você? Caraca, desculpe-nos, pensamos que era a saída e quando vimos era você e seu pokémon. - Disse Brendon, olhando fixamente para a garota e seu pokémon.

Red já sacava sua pokédex para ver qual pokémon era aquele, mas Brendon novamente o interrompia e dizia que era um Magnemite, pokémon elétrico que se assemelhava à um ímã. Este pokémon era quem estava fazendo a luz que enganava os treinadores, como Brendon disse acima. Olhos algumas vezes enganam né?

- Mas e aí, qual seu nome? - Perguntava Red para a garota que recuar um pouco.

A garota respondia, gaguejando um pouco, que era Kyra, Kyra Mizuki para ser exato. Brendon, Red e Ryuumaru, se apresentavam respectivamente, percebendo que a menina era um pouco tímida. É, voltando a caverna, o pior estava para acontecer naquele exato momento. Vou dizer o que é, já que é meu trabalho aqui, um Onix furioso saia de uma das paredes da caverna, mais atrás dos treinadores e começava a destruir, os treinadores se viraram para Onix, encarando-o assustados.

- Ferrou ! - Exclamou Ryuumaru, começando a correr sem direção.

Os treinadores começavam a correr desesperados por causa do Onix que os seguia, furioso. Não se sabia o que porque que ele estava com raiva dos treinadores, talvez por eles entrarem em seu território, talvez não ou até mesmo podia ser da natureza dele estar furioso. Acho que isso não importava agora para os treinadores que estavam correndo risco...

Continua no próximo capítulo...

Hehe, parece que os treinadores conseguiram encontrar o caminho para Cerulean, até conhecerem uma treinadora ! Mas o que eles não esperavam era esse Onix, né? Vamos ver o que acontece no próximo capítulo...
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sab 23 Nov - 12:54

13° Capítulo - Caminho para Cerulean ! Parte 2

Kyra parava de correr, olhando para trás e vendo aquele imenso Onix a encarando com um olhar de raiva. A menina chegava mais perto dele, colocando sua mão no corpo rochoso de Onix, acariciando-o e por incrível que pareça, o Onix não estava mais furioso e agora estava calmo e feliz, tudo isso graças ao carinho que a menina fez nele. Brendon notou que a menina tinha parado de correr e ao virar-se junto de seus amigos, notou que Onix tinha parado de persegui-los e agora estava mais calmo, o que fez com que os treinadores voltassem até Onix.

- Wow, você conseguiu parar o Onix ! - Exclamou Ryuumaru, impressionado pelo ato de Kyra.

Kyra perguntava se Onix estava bem, ele respondia, sorrindo, balançando sua cabeça para cima e para baixo, afirmando que estava bem. Red aproveitava e perguntava para Kyra se ele poderia levar os quatro para fora da caverna, já que os Onixs conheciam cavernas como ninguém. A menina que acabara de domar o Onix perguntava-o se ele sabia o caminho para a saída da caverna, não demorou um minuto e o Onix já tinha batido com sua cabeça no paredão de terra da caverna, fazendo um atalho para a saída do MT.Moon. Os treinadores agradeciam pela grande ajuda de Onix e entravam pelo atalho criado pelo pokémon. Enquanto andava, Brendon tropeçava em alguma coisa, caindo deitado no chão, se sujando de terra. Todos começavam a rir, menos Kyra, que demonstrava sua timidez, até que Brendon olhou para trás e viu que onde ele tinha tropeçado na verdade era algo muito interessante, era um fóssil. Red e Ryuumaru pararam de rir e olharam fixamente para o fóssil que Brendon encontrou. Enquanto eles olhavam, Brendon soprava o fóssil de leve, para retirar o excesso de terra e o colocou em sua mochila também.

- Que sorte ! - Exclamou Brendon, colocando cuidadosamente o fóssil em sua mochila.

Red deu os parabéns pela descoberta de Brendon, enquanto isso Ryuumaru estendia a mão para Brendon se levantar, este apertou a mão de Ryuumaru e se impulsou, levantando-se com sucesso. Hey, não pense que Brendon iria dividir o fóssil com eles só porque eles foram legais não, ué, ninguém mandou rir do cara quando ele caiu, agora fica no vácuo. Brincadeiras à parte, voltamos a fic. Os quatro treinadores saíram da caverna, vendo que sol já mostrava ser 12:00, a barriga dos quatro roncava, todos estavam com fome e ansiosos pela chegada em Cerulean City.

- Cara eu estou com fome ! - Exclamou Ryuumaru levando sua mão à barriga.

Brendon e Red olharam para Ryuumaru, com um olhar de "Só você?" e continuaram a andar, até que um pokémon parecido com um rato, amarelo, com orelhas pontudas, cauda igual ao desenho do símbolo que representava um trovão e suas bochechas eram rosas, delas algumas faíscas saiam, mostrando que este pokémon era energético. Red dessa vez não tirou a pokédex, deixando Brendon falar qual era o pokémon, mas desta vez ele não disse, deixando Red no vácuo. O treinador pegou sua pokédex e Brendon o interrompeu dizendo que era um Pikachu, fazendo Red ficar com raiva. Kyra soltava um pequeno riso dos dois, mas engolia o sorriso.

- Gostei desse Pikachu, acho que vou ficar com ele. - Disse Ryuumaru, pegando a pokébola de Snivy.

Todos deixaram Ryuumaru ir, até porque não era do interesse deles pegar um Pikachu. Ryuumaru então jogava a pokébola de Snivy ao ar, liberando e começando a batalha contra o pokémon rato, que encarava Ryuumaru e seu pokémon. Ryuumaru não demorava muito e já começava a batalha, mandando seu Snivy usar seus cipós num Vine Whip contra Pikachu.

Snivy liberava seus cipós contra Pikachu, chicoteando várias vezes, mas este desviava de cada chicoteada de Snivy, mostrando sua rapidez e sua habilidade. Pikachu contra-atacava com ThunderShock, liberando uma descarga de eletricidade de seu corpo contra Snivy, mas Snivy também desviava pulando para o lado, passando de raspão.

- Esse Pikachu me parece ser forte...gostei dele ! Snivy, ataque com o Tackle ! - Exclamou Ryuumaru, apontando para Pikachu que se preparava para escapar do ataque.

Snivy corria contra Pikachu, jogando seu corpo contra este, mas o pokémon rato desviava de novo, com um incrível velocidade. O pokémon aproveitava e contra-atacava com o ThunderShock mais uma vez, liberando a mesma descarga de energia elétrica de antes, só que desta vez atingindo Snivy em cheio, deixando-o paralisado, caído no chão.

Ryuumaru dava um novo comando para Snivy, este era para atacar com Tackle e depois com o Vine Whip. Sendo assim, o pokémon de Ryuumaru correu até Pikachu, chegando até este e jogando seu corpo contra ele, o acertando pela primeira vez na batalha. Como acertou o ataque, Snivy aproveitava e liberava seus cipós nas costas, chicoteando Pikachu várias vezes, deixando-o um pouco cansado. Pikachu não se rendia e atacava com o ThunderShock mais uma vez, liberando a mesma descarga elétrica de antes contra Snivy, mas Snivy desviava do ataque.

- Acho que já esta bom...Pokébola vai ! - Disse Ryuumaru, pegando uma pokébola vazia de seu bolso, jogando-a em Pikachu que já estava cansado.

A pokébola vazia acertava Pikachu em sua cabeça, sugando-o para dentro da pokébola e o prendendo por alguns segundos, balançando um pouco até parar. Finalmente, Pikachu capturado, os amigos de Ryuumaru chegaram mais perto dele e o parabenizaram pela captura.

Depois de um tempo, os treinadores finalmente chegaram em Cerulean City, felizes e com fome. Brendon perguntou se Kyra não queria almoçar com os garotos, ela gaguejou um pouco na resposta, mas aceitou o convite e os seguiu até o restaurante para o almoço.

Até quem fim, chegaram em Cerulean City, agora é hora da batalha de ginásio, mas ainda resta algumas perguntas...quem será que desafiará o ginásio primeiro? Quem é o líder? Esse Pikachu é forte? Kyra vai embora? Sei lá ué, veja no próximo capítulo.
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Qui 27 Fev - 14:58

14° Capítulo - Cerulean! Mas antes...

Nossos treinadores chegaram à Cerulean, como disse a vários dias atrás no 13º capítulo, e claro, eles iam direto para o ginásio após aquele almoço e a despedida de Kyra que ia em direção à outra cidade, mas especificamente Vermillion. Vamos ver como que foi, né, já que esse é meu trabalho.

- É-É, então eu vou nessa... - Disse a garota, indo para a estrada.

- A gente se esbarra por aí! - Exclamaram os garotos, simultaneamente, e balançando suas mãos ao alto, se despedindo.

Okay, despedidas feitas, vamos ao que nos interessa. Se você disse " a batalha ! " Você acertou e com isso você acaba de ganhar mais texto para ler sobre essa fic que quase foi pro lixo, mas não sou burro e aproveitei que já está no segundo ginásio.

Brincadeiras a parte, voltamos à história. Nossos heróis(Seus, não meus) foram em direção ao ginásio, mas, para infelicidade destes, dois carinhas, que, não podendo deixar de reparar, estavam vestidos completamente de preto, estavam parados em frente ao ginásio. Os garotos até tentaram entrar no ginásio, pedindo, educadamente, licença, mas, foram barrados pelos carinhas parados em frente ao ginásio.

- Hey, nós não queremos confusão, apenas viemos desafiar esse ginásio ! - Exclamou Red, tentando passar pelos dois homens.

- Hmph, insolentes. - Disse o homem à esquerda - Vão sair daqui por bem ou por mal?

Os garotos encararam os homens, mas não desafiaram-nos porque seria um gasto de energia desnecessário. Pois é né, que triste. Eu pessoalmente teria expulsado-os daquele lugar, já que este é público, porém, sou o narrador e não posso interferir na minha narração. Voltando mais uma vez para a história, eles tiveram que andar mais um pouco e chegar no Centro Pokémon, para ver se conseguiam alguma informação.

Chegando ao Centro Pokémon, descansaram um pouco junto de seus pokémons. Não foi bem uma soneca, foi mais uma deitada nas camas que tinham nos quartos do Centro Pokémon, junto de uma conversa descontraída entre os garotos que não tinham absolutamente nada pra pra fazer, nem mesmo um treino básico. Minutos depois, uma discussão na parte de atendimento do Centro Pokémon. Uma voz de homem e outra de mulher, esta parecia a da Joy, já a do homem era desconhecida e grossa.

- Hey, espera um pouco, - Disse Brendon - que barulho é esse?

- Parece com uma discussão... - Respondeu Ryuumaru.

- Vamos descer até lá ! - Exclamou Red, pulando de sua cama.

Os três treinadores desceram rapidamente pelas escadas, chegando a parte de atendimento do Centro Pokémon. Descendo até lá, viram um homem, igualzinho a aqueles dois na frente do ginásio, discutindo com a Joy, mandando todos os treinadores e até mesmo a Enfermeira, saírem do CP o mais rápido o possível, por bem ou por mal. Não, não é uma evacuação, estava parecendo até um anúncio de um assalto e, acho que depois dessa frase vocês já devem saber quem são, né? Não?! Posso falar? Como não sei sua resposta eu vou falar, é a Equipe Rocket sabe? Agora vocês já devem ter lembrado dos grunts dos jogos, certo? A roupa preta com um " R " e etc...

Agora quem leu e não esqueceu os capítulos anteriores, sabe que a Equipe Rocket já trouxe algumas(ou uma, não lembro) trapalhada e, coincidentemente, eles estão sempre no mesmo lugar que os três treinadores. Vou voltando a história pela terceira vez(Eu acho), os garotos interromperam a discussão, entrando no meio dela, literalmente.

- O que você quer? - Perguntaram os garotos.

- Eu mandei vocês saírem agora, - Disse o Rocket Grunt - não ouviram?

Os garotos não moveram uma palha se quer e, ao puxar a pokébola de seus pokémon, mais dois grunts entraram no Centro Pokémon, desconfiados da demora de seu companheiro. Agora eu digo a vocês: " Tudo o que está ruim, pode piorar. " E, para a infelicidade dos treinadores, os grunts liberaram seus pokémons que estavam na segunda forma.

- Pokédex! - Exclamou Red - Vá mais rápido dessa vez !

- São Golbat, Haunter e Pinsir. - Disse Brendon, falando junto da pokédex.

Sim, Pinsir não tem evolução e portanto não pode estar na segunda forma, mas, quebra meu galho vai? Afinal, eu estou sem ideia alguma e estou escrevendo o que der na telha.

Elekid, Charmander e Snivy eram liberados e pelo jeito estavam mais do que ansiosos para uma batalha com certa dificuldade. Elekid "cerrava" os punhos, enquanto encarava seu oponente, Golbat. A chama no rabo de Charmander brilhava cada vez mais para seu oponente, Pinsir. E finalmente, Snivy, que olhava e sorria com certa confiança para Haunter.

Continua...

Na boa, to sem vontade de colocar aquelas perguntas, então, só veja o próximo capítulo.
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sex 28 Fev - 16:11

15° Capítulo - Ataque Rocket #fail

Vimos que no último capítulo nossos(seus) heróis chegaram a Cerulean, a cidade que todos, ou a maioria, conhecemos dos jogos, do anime e do mangá da série. Como eu gosto de enrolar muito antes de chegar no ginásio, eu parei numa parte que os três garotos vão esculachar batalhar contra três rockets. Então vamos para o 15º dessa fic.

E, antes de começar a batalha, é uma batalha em trio, então, os pokémons vão atacar juntos contra os outros três adversários e vice e versa. Indo direto para a batalha: Brendon pediu para que Elekid desse seu melhor nessa batalha e, dito isso, mandou Elekid começar com um Shock Wave. Elekid estava de frente para Golbat, que batia suas asas para se manter no ar, e carrega energia, soltando-a como se fosse uma descarga, mas com forma de onda de choque, que ia em direção à dois(Golbat e Pinsir) dos três pokémons advertários, acertando-os em cheio.

Charmander não perdia tempo e aproveitava para atacar, lançando brasas de sua boca, atingindo apenas Pinsir, que era acertado em cheio pois era do tipo Inseto, tendo fraquezas contra o tipo fogo. E Snivy, que estava confiante, ficou ainda mais, pois com os três atacando todos juntos seria bem mais fácil. Assim dito, Snivy atacou com Vine Whip, pegando Haunter com os chicotes de vinha e balançando-o no ar, depois, o jogando no chão com força, tirando danos normais.

Agora é hora dos contra-ataques, primeiro Golbat com o Wing Attack, avançando contra Elekid com sua asa brilhando prateadamente e acertando-o e o jogando para trás com a pressão que Golbat fazia. Pinsir, que acabava de ser atingido pelas brasas de Charmander bem no peito, atacava contra este, usando o Brick Break, acertando-o em cheio com seu braço na cabeça de Charmander, jogando-o no chão de novo. Agora o último, Haunter, o que podemos esperar de um pokémon fantasmagoricamente sinistro com um sorriso maligno em seu rosto que não pode ser retirado com nada assim como sua evolução Gengar(Parece até paralisia facial)? Uma garra das sombras. Sim, isso mesmo, uma Shadow Claw. Acertando Snivy em seu rosto, jogando-o no chão igual ao seus companheiros.

- Vamos apressar isso antes que nossos pokémons fiquem cansados ! - Exclamou Ryuumaru.

- Sim, - Disse Brendon - mas até agora está resultando em nada !

Foi aí que saiu um crítico, mas em breve eu conto essa história, primeiro voltamos para o ataque de Elekid. O pokémon tomada então atacou com o Thunder Shock, como ordens de seu dono, acertando Golbat em cheio mais uma vez, mas desta vez deixando o pokémon morcego quase desmaiado. E como eu disse agorinha mesmo, o crítico, ou critical para quem está mais acostumado com os jogos, foi de Charmander, mas não tinha sido um movimento tipo fogo e sim dragão. Um fúria do dragão muito bem executado e que acabava de ser aprendido por Charmander foi o bastante para derrotar Pinsir sem nem ao menos conseguir uma evasiva.

- Isso aí Charmander, - Disse Red - agora ficou mais fácil !

Pois é Red, ficou mesmo, agora era 3x2 e não era nem um pouco sinal de covardia e sim o destino de uma batalha que nem deveria existir, mas né. Ah sim, esqueci de narrar Snivy. Portanto, este atacava com um outro movimento que também havia aprendido no mesmo momento de Charmander. Um tornado de folhas que acertava Haunter, deixando este, aparentemente, quase cansado.

Antes que você fique que nem eu, entendiado por ter que ler(eu revisar) essas batalhas, já está no final, então não pule se não você vai perder algo importante da trama. Sim, mas primeiro vamos aos últimos movimentos. Elekid atacava com o Shock Wave de novo, acertando Golbat em cheio com sua onda, literalmente, de choque. Agora, na minha mente, estou vendo o pokémon morcego caindo no chão desmaiado. Charmander e Snivy, que haviam aprendido novos movimentos agora pouco, atacaram com estes mesmos movimentos, para o sofrimento de Haunter. Como disse agora, Haunter foi atingido por todos os ataques, ficando cansando e logo depois desmaiando.

- Não é possível... - Disse o Rocket.

- O que vamos dizer para o chefe? - Perguntou a si mesmo um outro Rocket.

- Vamos embora antes que a Jane chegue! - Exclamou o último Rocket.

Eles correram, mas não foram tão longe, sendo prendidos pela policial Jane logo depois de saírem pela porta do Centro Pokémon. Batalha vencida, logo depois os Rockets haviam fugido da cidade, talvez porque seus superiores haviam sido presos e isso significava falha na missão ou coisa do tipo.

A Policial Jane e a Enfermeira Joy agradeceram aos treinadores que no momento eram heróis, mas nada de recompensa, só um agradecimento. Eu acho né. E por incrível que pareça, não estava nem perto do final da tarde, então os treinadores partiram para o ginásio, sem Brendon que havia ficado no Centro Pokémon ajudando a Enfermeira Joy para organizar os transtornos causados pela parada no CP da cidade.

Agora você deve estar pensando: " Mas e aquela coisa importante? " Pois é, não tem coisa importante, mas espere! Não feche a guia, vá para o chat ou mude o site, por enquanto não tem uma coisa tão importante assim, porém, antes de terminar o capítulo de hoje, vou fazer uma surpresa que para alguns já deve estar óbvia e não, não é aparecimento de outro personagem.

Chegando e entrando no ginásio, os treinadores se depararam com um tipo de palco em cima de uma piscina no meio do ginásio. E se você conhece Cerulean, ou se lembra dela, sabe que tem apresentações e etc. no ginásio além, é lógico, das batalhas. Mas o que tinha de intrigante era que a Misty, líder do ginásio e mais nova das irmãs que faziam as apresentações, não estava ali para aceitar os desafios, quem estava era uma menina de aparência e físico mais jovem que a de Misty e não, não parecia nem um pouco com esta.

Como só disse que não se parecia, vou dizer agora para tirar dúvidas como ela é. Cabelos longos e negros, olhos castanhos, roupas brancas e um olhar extramente bonito são as descrições que eu posso dar a você, leitor. Voltando para o assunto sério, eles perguntaram onde estava o líder, ou nesse caso a líder né, já que este não estava ali. A garota, que olhava para os treinadores com um sorriso, dizia baixo, já que estava um silêncio sinistro no ginásio, que o desafio deles por enquanto era derrotar a garota. Os treinadores se olharam e sorriram achando que a vitória era fácil, já que a garota parecia mais uma estudante sem seu uniforme. Só posso dizer para vocês uma coisa: " Nunca julgue um livro por sua capa. "

O que será que essa menina guarda atrás dessa aparência dócil e um sorriso meigo? Veja no próximo capítulo.
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Dark Hunter em Sex 28 Fev - 20:47

16° Capítulo - Insígnia Cascata? Está perto !

A pequena garota mostrava duas pokébolas, uma em cada mão, apontando-as para Red e para Ryuumaru. A pequena garotinha então falava seu nome, Caroline, com um sorriso no rosto. Os garotos, não querendo batalhar mais uma vez, ignoraram o desafio da garotinha que liberava seus pokémons assim mesmo. Gyarados, o pokémon dragão aquático, e Starmie, o pokémon estrela do mar psíquica(Não me julguem), eram liberados na água, barrando os dois treinadores.

- Se não batalharem, - Disse a garota - Sem líder de ginásio.

Os garotos ouviram as palavras de Caroline e pararam por um instante, pensando juntos. Depois de pensar um pouco, os garotos decidiram aceitar o desafio da garotinha que ficava feliz em receber uma resposta afirmativa.

- Vai ser eu contra vocês dois, - Disse a garota pulando de alegria - tudo bem?

- Claro, claro. - Disseram os garotos.

Então, os três treinadores foram para o espaço reservado para batalhas de ginásio, bem distante da piscina de apresentações. Como não era nem um pouco perto da piscina das apresentações, os treinadores podiam esbanjar toda a força que tinham no campo de batalhas, já que não iriam destruir nada muito importante. A arena, vamos dizer assim, não era muito diferente de onde ficavam as apresentações, tendo um grande tanque d'água e algumas vitórias-régias para os pokémon não aquáticos. Os treinadores ficam em áreas fora do tanque, tendo uma vista muito boa do tanque, podendo armar uma estratégia.

Falei de onde vão batalhar, agora vamos para o que interessa, a batalha. Gyarados já estava com o corpo dentro d'água e sua cabeça para fora, para atacar. Starmie estava em cima de um das vitórias-régias, podendo entrar d'água a hora que quisesse. Já os pokémon dos desafiadores, Charmander e Snivy, eram liberados em cima das vitórias-régias.

- Esperem aí! - Exclamou a garota pela distância entre os três - Precisamos de um juiz.

- Sim só que primeiro, por que a batalha vai ser 2x1 se é contra as regras? - Perguntou Red.

- Isso vai ficar somente entre nós. - Disse Caroline.

No mesmo momento em que Caroline terminou de falar, Brendon entrou pela porta do corredor que levava à arena do ginásio, depois chegando neste. O garoto, ofegante, chegou todo suado pela porta, perguntando se a batalha já havia começado. Vendo que não, Brendon sentou no chão com suas mãos nos pés respirando com dificuldade pois estava quase sem ar.

- Nossa... - Disse Brendon recuperando ar e depois olhando para a garota - Esta é a líder?

- Não, ela só... - Disse Red sendo interrompido por Caroline.

- Sou Caroline, - Apresentava-se a garota - este é um desafio, vou testá-los antes da líder.

Brendon olhou para a garota e depois para seus amigos, vendo que eram 2x1. Após isso levantou-se, explicando, o que eles já sabiam, a regra imposta pela Liga Pokémon de que não eram aceitas batalhas de dois ou mais treinadores contra apenas um e que a batalha não poderia ocorrer. A garota apenas disse a mesmas palavras de antes e depois perguntou à Brendon se ele poderia ser o juiz da batalha, já que não tinham ninguém. Aceito o convite, Brendon foi para o lugar reservado para o juiz, igual ao dos treinadores, dizendo para começarem e que o primeiro a atacar é o desafiante.

- Então, Gyarados ataque o Snivy com o Dragon Rage - Disse a garota - e Starmie ataque o Charmander com o Water Gun!

Gyarados carregava o fúria do dragão e depois disparava um raio de pura fúria contra Snivy que, pulando de uma vitória-régia para a outra, desviava do fúria do dragão que acertava a vitória-régia, destruindo-a completamente. Enquanto isso Starmie disparava um jato d'água da ponta de sua cabeça, ou seja lá o que for aquilo, contra Charmander, mas este desviava igualmente ao seu companheiro, caindo em cima de outra vitória-régia.

- Droga, - Reclamou Red - Charmander mantenha a guarda e ataque com o Dragon Rage !

Charmander carregava o Dragon Rage, fazendo com que uma luz azul escura ficasse em sua barriga, e disparava-o contra Starmie, este sendo atingido bem em sua joia vermelha, jogando-o na água. Snivy não perdia tempo e tentava atacar com o Leaf Tornado, jogando várias folhas de sua cauda em forma de tornado contra Gyarados, prendendo em seu tornado e acertando com as folhas que após atacá-lo caiam no chão.

- Se continuarem assim não vão vencer! - Exclamou a garota - Gyarados! Starmie! Podem repetir os movimentos.

Assim dito, assim feito. Foi a frase que mais se encaixou nisso, até porque o fúria do dragão de Gyarados acertava Snivy em cheio, jogando-o em cheio. Já Charmander num pulo desviava do jato d'água de Starmie, que passava direto e acertava a parede, molhando-a e respingando no chão.

- Snivy! - Exclamou Ryuumaru vendo seu pokémon afundando na água - Você está bem?!

Snivy voltava para uma vitória-régia todo molhado, mas bem. Logo depois encarava Gyarados que retornava o cara feia, deixando Snivy com medo de enfrentá-lo. Ryuumaru então pedia para Snivy não se intimidar e contra-atacar com o Vine Whip para chicoteá-lo e depois com o Leaf Tornado. Já Red pedia para que Charmander usasse o Smokescreen e depois o Dragon Rage.

Snivy usava seus chicotes e acertava Gyarados várias vezes, mas ainda parecia que não fazia nenhum dano contra o pokémon dragão aquático. Snivy voltava a atacar, mas desta vez com o Leaf Tornado, jogando várias outras folhas de sua cauda, acertando Gyarados mais e mais e desta vez, parecendo ter feito algum dano contra este pokémon que pelo tamanho seria muito difícil de se esquivar dos ataques.

Charmander usava o Smokescreen, fazendo uma cortina de fumaça envolta de Starmie, deixando esse sem ver qualquer coisa na arena. Depois, Charmander carregava mais uma vez o fúria do dragão, lançando este raio contra Starmie e acertando-o em cheio, o deixando cansado. Charmander percebia que Starmie estava prestes a cair desmaiado e ficava mais aliviado.

- Estou vendo que vocês são fortes... - Disse Caroline - esperem só para ver a líder...

Caroline pedia para que Gyarados atacasse Charmander com o Bite e Starmie tentasse atingir Snivy com Bubblebeam. Depois disso, o pokémon dragão aquático tentava dar uma mordida em Snivy, mas este era ágil e esquivava do ataque de Gyarados. Já Charmander não, este era atingido pelo raio de bolhas que era lançado por Starmie.

Quase no final da batalha, Red mandava seu Charmander atacar Starmie com o Dragon Rage e Ryuumaru mandava seu Snivy fazer um combo contra Gyarados, atacando com o Tackle, Vine Whip e Leaf Tornado. Charmander então carregava o fúria do dragão, lançando-o contra Starmie e o acertando, com um crítico, derrotando-o. Já Snivy usava o Tackle, mas falhava. Snivy tentava outro ataque, agora o Vine Whip e acertava, dando um crítico também mas não sendo o suficiente para derrotá-lo e sim para deixá-lo cansado. E no fim do combo o Leaf Tornado, lançando várias folhas de sua cauda para atingir Gyarados, acertando-o e incrivelmente desmaiando-o.

- Conseguiram. - Disse Caroline -

Os dois comemoraram em quanto Brendon dizia que quem venceu foram eles e etc. e, do corredor para a arena, entrava uma mulher, esta era Misty, a líder do ginásio. Ela entrava e caminhava até Caroline, encarando-a. Misty parecia com raiva, andava parecendo que iria esmurrar a garota, mas ao chegar onde a pequena garota estava apenas fez um carinho na cabeça de Caroline e sorriu bem feliz.

- Vejamos se não é a pequena Caroline. - Disse Misty - Se divertindo com os treinadores enquanto estou fora?

- Sim, sim, - Disse a garota - arrumei dois desafiantes para a senhora.

- Não me chame de senhora! - Exclamou, de brincadeira, Misty - Não sou tão velha assim!

Após algumas gargalhadas, Red e Ryuumaru tiveram que esperar mais um pouco para batalhar contra Misty, já que seus pokémon estavam exaustos pelas duas batalhas contra os rockets e contra Caroline. Esta última que devolveu os pokémon para Misty, que teve que descansar seus pokémon no Centro Pokémon, igualmente aos dois treinadores.

Parece que vimos que a treinadorazinha era forte, o que devemos esperar de Misty? Uma batalha arrasadora vem aí, se prepare para o próximo capítulo!
avatar
Dark Hunter
Admin
Admin

Masculino Mensagens : 560
Pontos : 897
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21
Localização : Um lugar ai ._.

Trainer Card
Mochila Mochila:
Box - Laboratório Box - Laboratório:
Pokémon Dollars Pokémon Dollars: 1.000

Ver perfil do usuário http://pokemoninfinitylegen.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulos da Fic

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum